Para fãs, retuíte é “mais pessoal” do que autógrafo, revela estudo

Pesquisa ainda afirma que o Twitter é a rede social favorita de interessados por música

Redação Publicado em 14/09/2015, às 15h05 - Atualizado às 16h37

A cantora Taylor Swift durante show da turnê mundial de 1989

Ver Galeria
(2 imagens)

Uma estudo revelou que os fãs de bandas e artistas acham que um retuíte do ídolo é “mais pessoal” do que um autógrafo. Além disso, a pesquisa demonstrou que esse público prefere usar o Twitter para obter informações de seus ídolos. Para eles, o microblog permite que os fãs “conheçam os artistas como pessoas reais”.

Os cabelos mais icônicos do mundo da música.

A pesquisa conduzida pelo Twitter afirma que 74% dos fãs entrevistados tratam o convencional autógrafo da mesma maneira que um retuíte. Muitos deles, no entanto, descrevem o compartilhamento de mensagens na rede social como “melhor” e “mais autêntico” do que uma assinatura em um pedaço de papel.

Veja as capas das 100 primeiras edições publicadas pela Rolling Stone Brasil.

Para 60% dos pesquisados, o Twitter é a rede social favorita, avaliando essa como uma maneira de “conhecer os artistas como pessoas reais”. Segundo o antropólogo John Curran, a psicologia por trás desta ação se manifesta como se ambos “estivessem tomando uma cerveja no bar”. “Ele se vê como um fã diferente dos demais”, explica o estudioso.

Galeria: dez maneiras inusitadas de se lançar um disco

Em comunicado, um representante do Twitter falou sobre a pesquisa: “A cultura digital transforma a maneira como nos interagimos com nosso ícones. Agora os fãs tem acesso aos maiores ídolos e o selfie se tornou o passo que antecede o tapete vermelho. Para muitos, o retuíte é o novo autógrafo”.