Por pouco

Redação Publicado em 29/04/2010, às 14h45

Os Beatles quase se reuniram. E não, a informação não foi retirada de alguma biografia sobre a banda. Quem revelou que o Fab Four chegou a pensar em voltar à ativa foi o próprio Paul McCartney, em entrevista à publicação britânica Q Magazine, que chegou às bancas nesta semana.

Macca contou que a banda conversou sobre uma reunião mais de uma vez, mas que nunca todos os integrantes estiveram simultaneamente de acordo com a ideia. "Houve conversas em certos momentos", disse. "Mas o que acontecia era que sempre três de nós estavam de acordo e um não estava; eu ou George ou John." O próprio comentou ainda sobre a genialidade dos Beatles. "Se foi presente de Deus ou não, aquelas quatro pessoas juntas representavam uma mistura muito boa."

Levando em conta o fato de os Beatles serem considerados por muitos o melhor grupo de rock de todos os tempos, a notícia sobre ter havido uma discussão a respeito da possibilidade de um retorno ganha uma grande dimensão, principalmente por ter sido comentada por um dos membros do quarteto. Todavia, se para uma massa gigantesca de fãs a informação é dolorida (já que a volta não aconteceu), para McCartney se trata de um alívio. "Foi uma benção", afirmou ele. "Nós fizemos o nosso trabalho, por que estragá-lo?"