Protagonista de Assassin's Creed, Michael Fassbender nunca havia jogado o game antes de aceitar o papel

“Tenho jogado desde então, para ter uma ideia geral das características físicas do personagem”, disse o ator

Redação Publicado em 28/12/2015, às 12h29 - Atualizado em 30/12/2015, às 14h13

Michael Fassbender  em imagem de Assassin's Creed
Reprodução/Entertainment Weekly

O astro Michael Fassbender é o protagonista do aguardado filme Assassin's Creed, adaptação cinematográfica do game homônimo, com lançamento agendado para 2016. O ator, entretanto, revelou que nunca havia chegado a jogar o game antes de ser convidado para integrar o elenco da produção.

Veja as capas das 100 primeiras edições publicadas pela Rolling Stone Brasil.

“Nunca tinha jogado antes de o pessoal me abordar”, disse Fassbender, me entrevista à Entertainment Weekly. “Tenho jogado desde então, para ter uma ideia geral das características físicas do personagem”. Astro de X-Men, Bastardos Inglórios e 12 Anos de Escravidão, o ator também afirmou estar em busca de “algo especial” no longa.

“Acreditamos que o conceito geral em torno disso é especial, e queremos servir com o melhor que pudermos”, acrescentou. “Os fãs são muito apaixonados, eles esperam algo meticuloso e detalhes históricos”. Fassbender ainda comentou que o longa, apesar de ambientado na Espanha do século 15 e nos dias atuais, não abusará de recursos mágicos e superpoderes.

Veja a primeira imagem de Michael Fassbender como protagonista de Assassin's Creed.

Fassbender viverá o personagem em torno do qual gira o enredo do jogo de videogame que inspirou o longa-metragem. A produção é dirigida por Justin Kurzel (Snowtown). Coestrelado por Marion Cotillard ( Piaf: Um Hino ao Amor ), Assassin's Creed estará nos cinemas a partir de 21 de dezembro de 2016.

Kurzel também é o diretor de Macbeth, estrelado pelos mesmos Michael Fassbender e Marion Cotillard, com estreia marcada para dia 19 de novembro deste ano. Fassbender ainda estará em breve em Steve Jobs. Ele viverá o próprio idealizador da Apple e será dirigido por Danny Boyle (Quem Quer Ser um Milionário?).