Segundo estudo, quantidade de café bebido em Friends seria capaz de matar 300 pessoas de overdose

Redação Publicado em 30/04/2013, às 14h20 - Atualizado às 14h44

Friends
Reprodução

Foram dez anos, de 1994 a 2004, frequentando o Central Perk, em Nova York. Os seis amigos do seriado Friends passaram por lá em quase todos os episódios, interagindo entre um gole e outro de café. Um estudo publicado na Scientific American analisou a quantidade de cafeína ingerida por Ross, Rachel, Joey, Chandler, Phoebe e Monica e chegou a uma curiosa – e esquisita – conclusão: o total seria capaz de matar 300 pessoas de overdose, se tudo fosse consumido em um mesmo dia.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

De acordo com Kyle Hill, autor do estudo e assistente de pesquisa na Universidade de Marquette, nos Estados Unidos, eles beberam 1,6 mil litros de café, o que resulta em 1,3 quilo de cafeína no sangue.

“Seria uma quantidade suficiente da droga para mandar quase 300 pessoas para o hospital – se não matá-las imediatamente”, disse Hill.

Ainda assim, segundo o próprio pesquisador, a overdose de cafeína é muito difícil de prever, mas “algumas pesquisas colocam o valor entre cinco a dez gramas”. "Estes seis amigos beberam mais café do que você vai conseguir ver; eles ingeriram cafeína ao longo dos anos suficiente para matar centenas de pessoas".