Sarah Silverman resolve trocar de sexo porque mulheres ganham 22% a menos do que os homens

Vídeo faz parte da campanha Equal Payback Project

Redação Publicado em 12/10/2014, às 11h06

Sarah Silverman
Reprodução

Sabe quem é Sarah Silverman? Nas palavras da própria: escritora, comediante e dona de uma vagina.

Sarah Silverman Has Decided To Get A Sex Change Because Of Gender Inequality

"Eu não sou contra o cristianismo. Saio com caras católicos!", diz Sarah Silverman.

Em um vídeo intitulado Sarah Silverman Closes The Gap, a humorista fala sobre a desigualdade entre os sexos, apontando que, em média, uma mulher ganha apenas 78% do salário que um homem ganha para realizar a mesma função. Por isso, Sarah resolve trocar de sexo e se “tornar um cara”.

Ao final do vídeo, a comediante promove o projeto Equal Payback Project, um crowdfunding que propõe arrecadar US$ 29 trilhões para pagar a todas as mulheres dos Estados Unidos os 22% que elas não recebem apenas por não ter um pênis. Se o projeto não alcançar a quantia estipulada – o que, provavelmente, irá acontecer – todo o dinheiro angariado será revertido para o National Women’s Law Center, entidade que luta pela igualdade salarial entre os gêneros.

Você acha que ela está exagerando? Nesta sexta-feira, 10, Satya Nadella, presidente da Microsoft, afirmou que não pedir aumento traz "um karma bom" para as funcionárias do sexo feminino. De duas coisas podemos ter certeza: Nadella não sabe muita coisa sobre igualdade dos sexos e Sarah Silverman não quer vê-lo na plateia das apresentações de stand-up dela. Posteriormente, Nadella se retratou: “Eu falei sobre essa questão de forma completamente errada. Eu acredito que homens e mulheres devem receber um mesmo pagamento por postos de trabalho iguais”.