Exclusivo: Ana Cláudia Lomelino, da banda Tono, resgata bonecas antigas e lança clipe em carreira solo

Composta por Caetano Veloso, faixa “Não Sei Amar” estará no disco Mãeana

Lucas Brêda Publicado em 07/10/2015, às 16h27 - Atualizado às 16h51

A cantora Ana Cláudia Lomelino, do Tono, em carreira solo
Divulgação

Por Lucas Brêda

A vocalista da banda Tono Ana Cláudia Lomelino está prestes a mergulhar mais afundo em carreira solo. Nesta quarta, 7, ela revela – com exclusividade no Sobe o Som – o clipe da primeira faixa da empreitada: “Não Sei Amar”, composta por Caetano Veloso, que estará no álbum de estreia solo dela, Mãeana.

Sobe o Som: 10 novos artistas nacionais que você deve conhecer.

Doce, baseada no violão de Bem Gil – um dos produtores do disco –, “Não Sei Amar” cresce ao longo de seus quase cinco minutos de duração, com as entradas de percussão, violão de 12 cordas (por Domenico Lancellotti, também coprodutor do trabalho), baixo (por Bruno di Lullo), Flauta (Gil) e alguns apitos ao fundo. Ana caminha entre graves e agudos sem fazer alarde, com uma voz suave e encantadora.

“A vontade de dar início ao destino desta canção, que foi um presente divino vindo de um senhor mitológico, fez gerar imagens”, conta ela, falando do clipe de “Não Sei Amar”, e citando Caetano Veloso. “As ideias, como sempre, eram muitas, infinitas, mas bastou eu me unir com Rafaê Silva dentro do meu quartinho/ateliê que as gravações começaram a correr como uma montanha russa cósmica.”

Mais no SoS: Mel Azul ironiza preconceito ao “novo rock” com Paulo Miklos.

O vídeo revela imagens de bonecas, flores e diversos outros objetos caseiros, com algumas cenas registradas com a câmera levemente tremida e uma abordagem experimental. “E depois, com a necessidade de unir algumas cenas de fora a tudo que produzimos dentro, fui com Marcela Morê ao Parque da Cidade – que fica ao lado da minha morada – levar alguns materiais meus pra passear.”

Com Marcela, Ana registrou as imagens em que aparece de maneira até cômica, fazendo performances com o corpo enquanto a cabeça fica coberta por um pano de brilhantes, em diversos lugares a céu aberto. “Bastou uma manhã quente de inverno para que ela registrasse o espírito da deusa que paira na floresta”, brinca ela, revelando a alcunha da “personagem” que assumiu neste trecho no clipe.

Assista ao clipe de “Não Sei Amar” abaixo.

Intitulado Mãeana, o primeiro disco solo de Ana Cláudia Lomelino ainda não tem data de lançamento definida, mas deve estar disponível em breve na internet. O álbum da vocalista do Tono tem produção de Bem Gil, que contou com o auxílio de Domenico Lancelloti e Bruno di Lullo na coprodução.

Veja a capa do disco abaixo.

615