Pulse

Após aventuras com covers, André Frateschi experimenta o trabalho autoral; ouça a faixa-título “Maximalista”

Capa do novo disco foi resenhada por Fábio Moon, da premiada dupla formada ao lado de Gabriel Bá

Redação Publicado em 25/06/2014, às 11h20 - Atualizado às 12h25

André Frateschi
Divulgação

Dos palcos da Rua Augusta para o resto do país, André Frateschi experimentou com covers de David Bowie e, depois, ao lado de Miranda Kassin, fez homenagem ao indie nacional com o disco Hits do Underground. Em agosto, ele dará um passo enorme na carreira autoral com o lançamento do álbum Maximalista.

O Sobe o Som mostra pela primeira vez a faixa-título e primeiro single do disco, que pode ser ouvida abaixo. A música estará no repertório percorrido por Frateschi ao longo da estreia do trabalho nos palcos, que será realizada no Sesc Pompeia, nesta quinta-feira, 26. Outras músicas como “SP Berlim”, “É Tudo Nosso”, “O Gosto da Raiva”, “Eu Não Tenho Saco” e “Todo Homem é uma Ilha”, também desta nova leva, serão apresentadas durante o show.

Em Hits do Underground, Frateschi trabalhou com Plínio Profeta. Para Maximinimalista, ele chamou Fábio Pinczowski e Mauro Motoki, dupla que já trabalhou em discos de Faria & Mori, Esquema Apê, entre outros da cena indie paulistana. O álbum duplo terá 15 músicas e a capa foi desenhada por Fábio Moon, que ao lado do parceiro Gabriel Bá venceu o Eisner, prêmio considerado o Oscar dos quadrinhos (veja abaixo).

Em comunicado, Frateschi diz que faixa-título “define o cidadão multifuncional” ou, no caso, “nós, urbanoides, que dividimos nossa atenção em mil e seguimos em frente sem perceber a vida passando”.

“A música trata da visão desse atormentado sobre nossa condição humana nessa década de 2010”, completa ele.

Ouça “Maximalista”: