Pulse

Charlie & Os Marretas lança single com participação de Tim Bernardes; ouça “O Trem”

Com vocalista de O Terno, faixa explora balanço, funk e soul music dos anos 1960 em gravação analógica

Lucas Brêda Publicado em 16/12/2015, às 09h44 - Atualizado às 13h18

Charlie & Os Marretas
Divulgação

Se preparando para gravar o segundo disco da carreira, o grupo paulistano Charlie & Os Marretas revelou um novo single, chamado “O Trem”. A música, repleta de suingue, conta com a participação do vocalista de O Terno, Tim Bernardes, que canta o refrão junto ao também guitarrista e vocalista André Vac.

Sobe o Som: 10 novos artistas nacionais que você deve conhecer.

“Estamos no período de entressafra, tocando as músicas do primeiro disco em shows e preparando o lançamento do próximo”, conta o baixista Guilherme Giraldi. “Esta faixa representa muito bem essa fase. Já tocamos ela há algum tempo nos nossos shows e a composição está mais próxima do primeiro álbum, no gênero, do que estamos planejando para o segundo.”

O Charlie & Os Marretas estreou em álbum em 2014, com o trabalho autointitulado, apresentando o estilo despojado e irreverente, de sonoridade dançante, analógica e retrô. Apesar de admitir a semelhança com o primeiro disco, Giraldi adianta que “O Trem” “já aponta para o caminho que a banda pretende seguir”. Segundo ele, “ousar mais na experimentação de timbres, considerando todas as etapas do processo de gravação.”

Mais no SoS: Foba promove rock gonzo no clipe de “Cão do Inferno”.

Inspirada no funk dos anos 1960 e na soul music, “O Trem” explora o “balanço” da dança, misturando-o com a irregularidade de uma viagem de trem. “Sua carga é da pesada e faz o corpo se balançar”, canta Vac, antes de se soltar com Bernardes no refrão: “Hoje eu não consigo parar de dançar”. Além da bateria cheia de groove e da guitarra suingada, a faixa é decorada por teclados e instrumentos de sopro.

“Decidimos, juntamente com nosso produtor Gui Jesus Toledo, gravar a faixa de forma analógica em fita e mixar em mono, para trazer essa atmosfera sessentista”, conta o baixista. “Foi nossa primeira experiência com esse tipo de gravação e curtimos demais o resultado. Esteticamente a música cresceu bastante.”

Conheça Real, psicodélico disco de estreia de Frabin

O convite ao vocalista e guitarrista de O Terno – banda que integra o mesmo selo do Charlie & Os Marretas, o Risco – surgiu para “trazer o espírito do soul, soltar o gogó e explorar todo o potencial gospel dele”. “E, para fechar toda a história, o single vai ganhar uma versão em vinil lo-fi, que torna o som da gravação ainda mais sujo e traz essa vibe antigona para a música.”

Apesar do lançamento em vinil, “O Trem” ganha lançamento digital esta quarta-feira, 16, no Sobe o Som (espaço dedicado à música nacional alternativa na Rolling Stone Brasil). O single será apresentado ao vivo em show na próxima sexta-feira, 18, no SESC Vila Mariana, em São Paulo, com participação de Bernardes e entradas a R$ 20 (há meia entrada).

Conheça “O Trem” abaixo

Charlie & Os Marretas em São Paulo

18 de dezembro (sexta–feira), às 20h30

SESC Vila Mariana – Rua Pelotas, 141

Ingressos: R$ 20 (há meia-entrada), neste link