De Brito caminha sozinho sobre veredas de uma represa no clipe de “Broken”

Faixa integra álbum autointitulado de estreia do músico, lançado no fim do ano passado

Lucas Brêda Publicado em 27/01/2015, às 15h49 - Atualizado às 18h28

O músico De Brito

Ver Galeria
(5 imagens)

Sérgio Brito caminha sozinho sobre as veredas de um deserto quente e lúdico. Esta é a imagem arquétipo do clipe de “Broken”, primeira faixa de De Brito, disco de estreia do cantor homônimo, lançado no fim de 2014. No vídeo – revelado com exclusividade pelo Sobe o Som – o cantor constrói, a partir de uma maleta que carrega, um pequeno palco, no qual toca a canção durante o resto do clipe.

Mais no SoS: ouça e baixe o EP Ao Vivo no Maravilha8, do Baleia

Toda a atmosfera – do clima às vestimentas – remete ao sul dos Estados Unidos, de onde vêm as principais influencias de De Brito. “Cresci ouvindo cantores e compositores como Bob Dylan e Tom Waits, principalmente, além dos blueseiros Muddy Waters, Howlin’ Wolf, e aqueles caras todos do Mississípi”, conta ele. “Sempre me identifiquei com esses ‘underdogs’.”

Conheça “Não Deixe de Alimentar”, primeira faixa de Strausz

A intimidade com as referências – às quais podem ser inclusos Leonard Cohen e Neil Young – é também o motivo para as composições do álbum serem todas em inglês. “Foi muito natural compor em inglês”, diz De Brito. “Eu cheguei a traduzir as músicas para o português antes de gravar o disco, mas não rolou. Eu não gostei, ninguém da banda gostou, perdia toda a identidade.”

Ouça o novo single de Jair Naves, “Prece Atendida”

A faixa escolhida para o primeiro clipe de De Brito – “Broken” – é uma balada melancólica e reflexiva, ditada pelo vocal grave de Sérgio Brito. “Acho que ‘Broken’ é a minha música mais forte”, confessa. “É uma música simples, de quatro acordes, mas consegue ser intensa. Se eu tivesse apenas uma chance pra mostrar meu trabalho, seria que ser com ela. Não tinha dúvidas disso.”

Assista ao clipe de “Broken”

Além do single “Broken”, De Brito é recheado de histórias, narradas ora sobre arranjos mais intensos (caso da blueseira “Of Sailors and Seas”, que “surgiu de uma conversa doida com uma amiga sobre a vontade de desapegar de tudo e sair por aí de barco feito um cigano”, como conta ele), ora em meio a um clima mais misterioso e denso (“If I Had a Dollar”).

Trupe Chá de Boldo retorna com single potente; ouça “Diacho”

“Contar histórias é o coração do que faço”, sintetiza De Brito. “Tem muita verdade em tudo o que escrevo. É natural que algumas histórias estejam embelezadas, mas elas são honestas”.

Gravado no estúdio NaCena, De Brito tem produção de Alex Amaral e teve todo o instrumental gravado ao vivo, sem voz. Sérgio Brito tem 26 anos – e não é o tecladista e vocalista do Titãs – e além de cantar, tocou também bateria e gaita nas sete faixas do disco de estreia.

Ouça De Brito abaixo