Exclusivo: Anelis Assumpção reflete sobre hábitos cotidianos no clipe de “Eu Gosto Assim”

Canção faz parte de Amigos Imaginários (2014)

Thiago Neves Publicado em 03/11/2015, às 15h03 - Atualizado às 15h40

Anelis Assumpção no clipe de “Eu Gosto Assim”.
Reprodução/Vídeo

Thiago Neves

Dirigido pela fotógrafa cearense Júlia Braga, o clipe da faixa “Eu Gosto Assim”, de Anelis Assumpção, é quase uma folha em branco. “Minhas músicas não são necessariamente são sobre mim. Tento fazer com que o recado seja, de certa forma, universal”, explica a cantora. O clipe trás imagens da própria artista, imersa em uma piscina, realizando as mais diversas tarefas, com isso, o personagem dialoga com o teor lúdico do clipe.

Exclusivo: Bixiga 70 cruza fronteiras e pode tocar em Glastonbury em 2016.

A história estética do clipe, entretanto, é produto de escolhas, determinações e vontades de muita gente. A opção por essa faixa ficou por conta de Anelis, que ganhou uma versão em dub, por Victor Rice. Enquanto a escolha da locação, cores e elementos imagéticos, foi feita, em maioria, pela dupla Júlia Braga, diretora do clipe, e Isadora Gallas, diretora de arte. "São pessoas que eu admiro muito, acredito muito no julgamentos deles", conta a artista.

“A versão inédita não tem refrão, o que gera um silêncio que remete justamente a ideia da água. Nela, nos sentimos livres, leves, mas não podemos viver lá. Gosto dessa noção do quase, daquilo que eu gostaria que fosse, mas não é”, explica Anelis.

Exclusivo: Sara Não Tem Nome expressa sua melancolia no clipe de "Solidão".

Sob a ótica do quase possível, Anelis debate outra noção parcial, a do hábito, das atividades cotidianas, o que é, na prática, quase invisível. “A música e o clipe, não são sobre mim, mas minhas personagens são mulheres”, explica a cantora, “‘Eu Gosto Assim’ fala sobre essa necessidade de voz, da força da mulher, e de como essa força é dolorosamente relativizada, até mesmo ignorada”.

Sobe o Som: 10 novos artistas nacionais que você deve conhecer.

O clipe ressignifica muito do que é dito na faixa lançada em 2014, no álbum Amigos Imaginários. A água é, sobretudo, um elemento de conexão entre as muitas mensagens. No vídeo de “Eu Gosto Assim”, a leveza, a feminilidade, o hábito e o impossível se tornam líquidos, em movimentos incessantes de aproximação e repulsão, gerando um fluxo de imagens azuis, no qual o corpo de Anelis não é protagonista, mas apenas mais uma dessas correntes submarinas.

Assista ao clipe de “Eu Gosto Assim”, lançado com exclusividade pelo Sobe o Som: