Exclusivo: Primos Distantes protagonizam perseguição absurda no clipe de "Feio"

Dupla se prepara para lançar em 2016 o segundo disco da carreira

Lucas Borges Publicado em 28/10/2015, às 12h28 - Atualizado às 16h35

Caio e Juliano Costa, do Primos Distantes, no clipe de "Feio"
Reprodução/vídeo

Por Lucas Borges

A sequência de cenas surreais do videoclipe de “Feio” faz pensar no que afinal teria sido feito pela mulher citada na canção de Caio e Juliano Costa, os integrantes do Primos Distantes. “Feio é o que ela fez comigo /Pior que pesadelo/ Festival de atrocidades”, diz a letra do rock pop com tempero de ska.

Exclusivo: Bixiga 70 cruza fronteiras e pode tocar em Glastonbury em 2016.

“A letra é do [baterista e vocalista] Juliano, mas acho que não é nada literal. O interessante é que fica essa dúvida mesmo”, explica o guitarrista, tecladista e vocalista Caio, rindo. Mais uma prova do jeito sarcástico dos artistas de ver os problemas.

Exclusivo: Sara Não Tem Nome expressa sua melancolia no clipe de "Solidão".

A “viagem” visual, segundo ele, é mérito da equipe do IÊ. “Eles se aproximaram da gente e pensaram em fazer um clipe sem nem saber qual seria a música. Fechou em ‘Feio’ e um mês depois eles apareceram com o roteiro pronto, essa doideira. Na hora a gente curtiu.”

Assista ao clipe de "Feio":

Divulgado exclusivamente pelo blog Sobe o Som, o vídeo tem participação de Rafael Castro, produtor do primeiro álbum da dupla – cujos integrantes não são primos de verdade –, autointitulado e lançado em 2014.

Sobe o Som: 10 novos artistas nacionais que você deve conhecer.

O novo clipe do Primos Distantes ainda tem o mérito de apresentar o que será o segundo disco deles, “bem diferente”, antecipa Caio. “Acho que tem uma pegada um pouco mais rock do que o primeiro. ‘Feio’ já tem essa pegada próxima do que a gente está fazendo agora.”

A experiência de mergulhar no circuito da cena independente de São Paulo, conta ele, transformou os artistas e vai se refletir no próximo trabalho. Rafael Castro será mais uma vez o produtor do álbum, previsto para o ano que vem, com dez faixas inéditas. Enquanto isso, o público se deleita com o disco de estreia do grupo em versão ao vivo, lançado em outubro deste ano.