Exclusivo: Quartabê instiga sentidos no clipe da belíssima "Suk Cha"

Faixa faz parte do primeiro disco do grupo, uma releitura de composições de Moacir Santos

Redação Publicado em 10/11/2015, às 16h35 - Atualizado em 11/11/2015, às 10h21

Quartabê
Divulgação

Por Lucas Borges

O que nasce sombrio e enigmático termina iluminado e empolgante no clipe de "Suk Cha", o primeiro da vida do promissor grupo paulistano Quartabê, que por sua vez também estreia a própria discografia.

Sobe o Som: 10 novos artistas nacionais que você deve conhecer.

Formado por integrantes da banda de Arrigo Barnabé, o inventivo grupo dá asas à criatividade remodelando composições do compositor, arranjador, maestro e multi-instrumentista brasileiro Moacir Santos em Lição #1: Moacir.

Mais no SoS: Selvagens à Procura de Lei abre caminho para novo disco com o single “Tarde Livre”.

O disco é cheio, elaborado. Maria Beraldo (clarinete e clarone), Mariá Portugal (bateria), Ana Karina Sebastião (baixo elétrico) e Joana Queiroz (clarinete, clarone e sax tenor) compartilham a fantasia de Arrigo Barnabé com o tecladista Rafael Chicão Montorfano, único "forasteiro" da formação.

Exclusivo: Mohandas emerge em sonoridades eletrônicas em novo disco; ouça Um Segundo.

Chicão traz a vivência com o Teatro Oficina, de José Celso Martinez Corrêa, (com o qual contribui) e o clipe de "Suk Cha", publicado com exclusividade pelo Sobe o Som, é expressividade à flor da pele. Os integrantes do Quartabê dividem a tela ao longo do vídeo em closes criativos e atraentes junto com um jazz de muitas camadas.

Assista ao clipe:

“Escolhemos ‘Suk-Cha’ para ser nosso primeiro clipe pois ela tem um quê de rock progressivo, com muitas partes diferentes que se sucedem, o que poderia ser bem explorado pelo roteiro”, diz a baterista Mariá Portugal. “As imagens mostram a banda tocando de um jeito diferente, focando nas expressões de cada um ao invés dos instrumentos, o que cria uma atmosfera um pouco estranha, irreal, algo entre o engraçado e o bizarro- o que é, penso eu, uma coisa bem interessante.”

Ouça o disco:

A direção do clipe (filmado no Puxadinho da Praça, em São Paulo) é de Filipe Franco, José Menezes, Thany Sanches e Caio Mazzilli. O roteiro foi concebido juntamente com a banda e, segundo Mariá, teve inspiração em clipes de Fiona Apple e Queen. A banda fará uma apresentação de estreia do vídeo na próxima sexta-feira, 13, às 21h30, no Museu da Imagem e do Som (MIS).