Já ouviu falar de Nobat? Revelação mineira lança melancólica “Não Deu”, com participação de Hélio Flanders

Músico se prepara para lançar o segundo disco, previsto para 2015

Pedro Antunes Publicado em 03/11/2014, às 15h18 - Atualizado às 15h28

O artista mineiro Nobat
Rafael Sandim/Divulgação

Por Pedro Antunes

A cena mineira de música independente vai muito bem, obrigado. Aqui mesmo no Sobe o Som, já mostramos a banda Câmera, quarteto de Belo Horizonte que cria linhas hipnotizantes de guitarra e voz (ouça aqui). Agora, a pergunta do título: já ouviu falar de Nobat?

Músico também mineiro (nascido em Belo Horizonte) lança com exclusividade no SoS o vídeo de “Não Deu”, em uma versão gravada com voz e violão e com a participação emblemática de Hélio Flanders, vocalista do Vanguart. A faixa é daquelas delicadezas doloridas, que parece arrancar o coração maltratado do peito e espancá-lo com um martelo, mas é boa – muito boa.

“De medo até tentei antecipar o adeus / Mas, desonestamente, não deu”, canta Nobat. “Na realidade o meu equívoco / Foi negligenciar o que eu sangrei / Em seus paralelepípedos / Não deu.” Hélio Flanders, que já mostrou saber cantar canções doloridas no disco do Vanguart Boa Parte de Mim Vai Embora, de 2011, acrescenta tons ainda mais dramáticos para a canção tão confessional.

Ouça “Não Deu”, de Nobat com participação de Hélio Flanders:

“Não Deu” estará no segundo disco do músico mineiro e destoa justamente de “LSD”, outra que também estará no álbum e aponta para uma direção do indie eletrônico, com ruídos e psicodelismos. Compare no player abaixo.

Ouça “LSD”, de Nobat:

O espertíssimo Nobat já gravou – e toca nos shows – versões de “Pronto Pra Morrer (Uma Mentira Dita Mil Vezes)”, de Jair Naves, e “Não Sei Dançar”, de Marina Lima, algo que mostra a versatilidade do músico mineiro.

Nobat faz versão de “Pronto Pra Morrer (Uma Mentira Dita Mil Vezes)”, de Jair Naves:

Nobat faz versão de “Não Sei Dançar”, de Marina Lima

Enquanto o segundo álbum dele não fica pronto – a previsão é para 2015 –, ouça Disco Arranhado, o primeiro trabalho: