Pulse

Jair Naves encara os reflexos do amor em single inédito; conheça título e capa do novo disco

Ouça “Prece Atendida”, que precede o próximo álbum do cantor, Trovões a Me Atingir

Lucas Brêda Publicado em 20/01/2015, às 12h09 - Atualizado em 27/01/2015, às 17h43

Jair Naves

Ver Galeria
(3 imagens)

“Acho que todo mundo já se apaixonou ou está fadado a se apaixonar um dia”, diz Jair Naves, revelando o tema recorrente de Trovões a Me Atingir, próximo disco dele: “a paixão e os efeitos dela”. E para apresentar os caminhos do segundo trabalho, o músico revela – com exclusividade no Sobe o Som – a capa e o primeiro single, “Prece Atendida”, do novo álbum.

Mais no SoS: Trupe Chá de Boldo retorna com single potente; ouça “Diacho”

“Escolhi [a música] porque acho que ela aborda o assunto do resto do disco”, conta Naves. “Como [a paixão] é uma coisa que pode tanto acabar com a vida de uma pessoa quanto levá-la às alturas. É incrível como muito foi escrito sobre isso, e como os efeitos podem ser diferentes”. “É um dos poucos sentimentos que é verdadeiramente universal.”

Veja a capa de Trovões a Me Atingir

À primeira audição, “Prece Atendida” traz boa parte dos elementos que guiaram E Você Se Sente numa Cela Escura, Planejando a Sua Fuga, Cavando o Chão Com as Próprias Unhas, álbum de estreia de Naves. Ao longo dos mais de cinco minutos, contudo, novos aspectos surgem, desde a ausência de guitarra e percussão até a presença de backing vocals (por Bárbara Eugênia e Camila Zamith, em participação especial).

Ouça “Não Deixe de Alimentar”, primeira faixa de Strausz

“Apesar de ter os atributos das minhas outras composições, acho que ela tem uma roupagem diferente das coisas que fiz até agora”, explica o músico. “Acho que é menos agressiva, mais reflexiva – e é um lado que eu queria mostrar para as pessoas”. Mesmo sem a contundência de faixas como “Vida Com V Maiúsculo, Vida Com V Minúsculo” e “Pronto para Morrer”, “Prece Atendida” não perde em profundidade, qualidade quase inerente à voz excêntrica e sentimental de Jair Naves.

Conheça “Prece Atendida”, novo single de Trovões a Me Atingir

“Tem algumas características que são difíceis de mudar, mas, ainda assim, vejo diferenças bem grandes entre os discos”, adianta Naves. “O primeiro álbum era muito mais direto. Neste disco, eu e minha banda quisemos diferenciar o máximo possível do anterior. Então tem muito mais elementos, convidados – uma música que eu mal canto –, arranjos mais detalhados.”

Clipe: Tagore – “Poliglota”

Trovões a Me Atingir – que foi viabilizado por meio de um financiamento coletivo – será lançado no próximo dia 3 de fevereiro, uma terça-feira. Para Naves, o fato de ter feito o álbum com a ajuda dos fãs, com certeza, foi algo que o influenciou na hora da gravação. “Eu me senti, sem dúvidas, com uma responsabilidade maior.”

“É uma situação completamente absurda, mas, se o Lou Reed tivesse feito uma campanha na época do Metal Machine Music, e eu tivesse ajudado, imagine como eu me sentiria completamente lesado, e o quanto eu ficaria feliz, porque ele estaria sendo ele mesmo, fazendo o que queria”, teoriza ele, brincando em seguida: “Mas, sinceramente, acho que meu disco não é exatamente o Metal Machine Music [risos].”

Enquanto Trovões a Me Atingir não é divulgado, vale a pena ouvir o primeiro trabalho de Jair Naves, E Você Se Sente numa Cela Escura, Planejando a Sua Fuga, Cavando o Chão Com as Próprias Unhas, na página dele no SoundCloud.