Lucas Santtana lança a música “Partículas de Amor” e pede ajuda para gravar disco “solar”

Se atingir a meta, trabalho ainda sem nome será lançado no segundo semestre

Pedro Antunes Publicado em 09/05/2014, às 19h07 - Atualizado às 19h15

Lucas Santtana
José de Holanda / Divulgação

Por Pedro Antunes

Lucas Santtana tenta entender o que acontece naquele exato momento em que uma paixão nasce, na primeira troca de olhares, na música lançada para divulgar o novo e ainda sem nome disco que ele pretende lançar neste segundo semestre. Isso, claro, se a cota do crowdfunding for atingida.

Adepto do download livre dos próprios discos, como fez com todos os outros trabalhos, desta vez Santtana pede uma ajudinha dos fãs para terminar o álbum. “Achei que era uma boa hora de convocar a rapaziada para comparecer também”, diz. “Contribuir e ter as suas recompensas. Dessa forma o disco já nasce com várias mãos sobre ele.”

Se no trabalho anterior, O Deus Que Devasta Mas Também Cura, a tempestade parecia ter chegado, no novo álbum, representado por “Partículas de Amor”, é um dia ensolarado à beira do mar.

Crítica: com quinto álbum, Lucas Santtana consolida sua carreira no Brasil e no exterior.

“Como pode uma mulher assim / Toda solar”, canta Santtana. “Me derreteu / Virei água do mar / Evaporei / Agora eu sou partículas de amor”. O músico, em entrevista ao Sobe o Som, diz que a faixa foi feita para alguém, mas não revela a identidade. Bi Ribeiro, do Paralamas do Sucesso, o maestro Luis Felipe de Lima e Bruno Buarque participam da gravação. Já a letra é de Santtana com Gui Amabis.

A música, segundo ele, indica o que os fãs poderão ouvir no novo trabalho. “Usamos bateria eletrônica no disco todo, mas sempre tocando, nada programado”, conta ele ao descrever a sonoridade que está por vir. “Então tem máquina e sons sintéticos, mas é sempre uma banda tocando praticamente ao vivo. Como o nossos shows atualmente.”

Para ajudar a financiar o disco, clique aqui. Abaixo, ouça “Partículas de Amor”: