Mombojó se une a Laetitia Sadier, do Stereolab, no clipe de “Summer Long”

Em abril, banda pernambucana lança EP composto e gravado em parceria com a cantora francesa

Lucas Brêda Publicado em 29/03/2016, às 17h58 - Atualizado às 18h57

Trecho do clipe de "Summer Long", do Mombojó em parceria com a vocalista do Stereolab, Laetitia Sadier

Ver Galeria
(2 imagens)

Por Lucas Brêda

O encontro (até então, restrito ao universo virtual) entre os pernambucanos do Mombojó e a francesa Laetitia Sadier já havia rendido uma faixa, “Summer Long”, lançada em Alexandre (2014), mais recente disco deles. Neste primeiro semestre de 2016, o Mombojó e a vocalista do Stereolab retomam a parceria, lançando o clipe de “Summer Long” e anunciado um EP de inéditas feito pelos dois artistas.

O clipe de “Summer Long” é obra do diretor brasileiro (residente em Londres) Alex Carvalho, cujo currículo inclui trabalhos com Coldplay, PJ Harvey, Elton John e U2. “É um pernambucano que mora em Londres e sempre quisemos fazer algo com ele”, explica o vocalista do Mombojó, Felipe S. “Quando fizemos a [primeira] parceria com a Laetitia, pensamos: eles moram em Londres e isso facilita a realização.”

Baseado no roteiro de Carvalho, o vídeo foi rodado em um estúdio, na capital inglesa, com imagens de Laetitia e Felipe (este em São Paulo) gravadas separadamente como complemento. O clipe exibe um homem em uma espécie de prisão, enquanto o tempo passa em reverso: ele começa mais velho e termina “como um ovo”, depois de “rejuvenescer”.

A abordagem de Carvalho teve origem da mesma relação que Felipe e Laetitia tiveram para compor a letra de “Summer Long”. Na ocasião, o Mombojó enviou a música estruturada – já com vocais – para a ex-vocalista da banda britânica. Ela, então, acrescentou as próprias vozes nos “buracos” da canção. Sem saber português, Laetitia teve uma única orientação sobre o teor da poesia de Felipe: tratava de “memórias da infância dele.”

Foi exatamente esta a mesma conversa que o vocalista do Mombojó e o diretor tiveram, sendo que Carvalho teve a vantagem de entender tanto o inglês quanto o português da letra. “Na época, eu dei carta branca, e ela foi muito no feeling”, lembra Felipe. “[Carvalho] até perguntou [do que se tratava a letra], mas a relação acabou sendo a mesma de quando criamos a música.”

“Passamos também muito tempo tentando juntar dinheiro para realizar o clipe, porque a relação da moeda desvalorizou muito justamente na época”, confessa o vocalista, notando que o preço ficou cerca de três vezes maior do que seria se o vídeo fosse feito com o mesmo tipo de estrutura só que em São Paulo. O que mais encareceu a produção foi a construção da “cela” em estúdio. “Mas ficamos muito, muito felizes de conseguir realizar algo com ele.”

Conheça o clipe de “Summer Long” abaixo.

Apesar de serem atualmente parceiros musicais, Mombojó e Laetitia têm uma relação que vai além de “Summer Long”: o Stereolab é declaradamente a maior influência dos integrantes do grupo pernambucano desde o começo da carreira, há mais de uma década. Depois de se juntarem para a canção de Alexandre, os brasileiros foram atrás da cantora novamente, desta vez para algo mais sólido.

Após terem um projeto aprovado em uma lei estadual de incentivo à cultura, o Mombojó recrutou Laetitia e se confinou em uma casa de temporada na região de Aldeia, no município pernambucano de Camaragibe. Lá, eles registraram quatro canções inéditas para um EP, intitulado Summer Long, a ser lançado entre os próximos meses de abril e maio.

“Foi um negócio bem transformador para a banda”, assume Felipe, lembrando que o quarteto ficou junto à cantora do Stereolab por alguns dias, finalizando e registrando com ela as músicas anteriormente compostas. “Passamos muitos anos ouvindo e agora tivemos a oportunidade de produzir junto com ela! Foi bem transformador.”