Naná Rizinni mostra bastidores da gravação de disco com produtor do Nirvana; assista

Steve Albini aparece sério e vestindo macacão no vídeo

Pedro Antunes Publicado em 24/04/2014, às 11h53 - Atualizado às 14h27

Naná Rizinni
Debby Gram / Divulgação

Por Pedro Antunes

Depois de gravar um disco com Plínio Profeta, Naná Rizinni partiu para os Estados Unidos e, em Chicago, preparou o segundo disco, La Na Nana, lançado em março deste ano. A ideia era gravar com Steve Albini, icônico produtor cujo currículo inclui o seminal e cru In Utero, do Nirvana. A presença dele, que assina como engenheiro de som no álbum, pode ser sentida no vídeo de bastidores divulgado pela cantora. Assista no player abaixo.

Depois da explosão de popularidade com Nevermind, o Nirvana foi até Chicago gravar o agressivo In Utero, último disco de Kurt Cobain.

Na verdade, a presença também pode não ser sentida, talvez. Albini, como diz Tiê, cantora e amiga de Naná que participou das gravações no Electrical Audio, não é um sujeito de muitas palavras. “Mas é um cara que está prestando atenção em tudo.”

Em seu indefectível macacão, o produtor é uma presença constante no vídeo, mas quase sempre de costas para a câmera. “Ele é um cara que sabe muito bem o que quer”, comenta o guitarrista André Whoong, que também foi a Chicago para a gravação do álbum.

O vídeo dá destaque para “Ten Miles”, uma balada escrita por Naná que tem piano, assobios, riff dedilhado de guitarra e um baixo que leva a canção para frente. Albini conversa com a banda, ainda formada por Adriano Cintra (produtor do disco) e Dudu Tsuda, sobre determinado trecho da faixa, sempre educado e polido.

A música, aliás, é um dos grandes destaques do dançante/roqueiro segundo álbum de Naná. Enquanto a voz da cantora soa doce, os versos são divertidamente agressivos e narram a história de uma garota que gostaria de ficar longe o bastante de uma pessoa persistente – e é bom ela entender as indiretas logo.

Neste domingo, aliás, Naná mostra o novo disco na Casa do Mancha (Rua Felipe de Alcaçova, sem número - Vila Madalena), em São Paulo, às 19h. Os ingressos custam R$ 15 e cartões não são aceitos.

Vídeo de bastidores da gravação com Steve Albini

Ouça o disco La Na Nana: