Nobat aponta novos caminhos com o single “O Novato”; ouça

Cantor mineiro abandona o rock de garagem para mergulhar na melodia e poesia

Lucas Brêda Publicado em 23/08/2015, às 13h01

O cantor mineiro Nobat
Flávio Charchar/Divulgação

O cantor mineiro Nobat está em um novo momento da carreira. Para o segundo álbum, ele deixa de lado o indie rock de garagem da estreia (Disco Arranhado, de 2012) e embarca de vez na polidez e serenidade das faixas “LSD”, lançada no ano passado e, principalmente, “O Novato”, novo single divulgado por ele esta semana.

Sobe o Som: 10 novos artistas nacionais que você deve conhecer.

“Esta música foi feita há vários anos, uns oito mais ou menos, e foi inspirada num poema escrito pelo Marcelo Diniz, conhecido hoje em Belo Horizonte como o Poeta da Capital”, diz ele sobre a nova canção. “Estudávamos juntos no mesmo colégio, tínhamos cerca de 17 anos quando ele me mostrou o que havia escrito – era ‘O Novato’, um poema lindo – e me impressionou muito a métrica, a força das imagens.”

Desde quando teve o primeiro contato com as palavras do amigo – em uma festa de aniversário da amiga –, Nobat começou a imaginá-lo como canção. “Anos depois, quando estava compondo o disco novo, pensei em retomar essa canção”, comenta. “Fiz os arranjos dela e, quando percebi, estava super sintonizada com a onda do álbum, na poética, na sonoridade, nos arranjos, em tudo.”

Mais no SoS: Los Porongas apresenta a música “Morrenasce”.

Por isso, “O Novato” foi escolhida como primeira amostra do segundo trabalho completo dele, dando, inclusive, nome ao álbum. Com bateria melódica e sonoridade obscura, a faixa é montada para destacar os vocais – e, principalmente, as letras – de Nobat. Conforme a música se desenrola, instrumentos de sopram entram elevando a vibração do instrumental para, depois, desmoronar em simples toques de vibrafones e teclado.

“A letra fala de um soldado num ambiente de guerra exalando desespero, angústia e sua clemência por Deus é interrompida por um colega que alerta que não há Deus ali no campo de batalha e nem em lugar nenhum”, diz. “Capto nisso uma metáfora do grande dilema existencial que possibilitou a construção da mítica divina. Ali existem vários signos, de Dante a Niezstche.”

Garotas Suecas consolida nova formação com EP “pé no chão”; ouça.

“O Novato” demorou dois meses para ficar pronta, mas acabou sendo a obra base para todo o disco homônimo. Dá para se imaginar, então, que a segunda vinda do mineiro será calcada na criação de ambientes e cheia de serenidade. Nobat adianta que trabalhou no sentido de “traduzir os raciocínios eletrônicos acusticamente por músicos e instrumentos.”

O Novato deve sair nos próximos meses. Enquanto isso, conheça a nova fase de Nobat ouvindo “O Novato”, a faixa, abaixo.