Papatinho une trap e funk em primeiro single do disco de estreia, e promete "mistura incrível" de gêneros musicais

"Me Faz Um Favor" estará no álbum Workaholic e conta com a participação dos rappers Xamã, Orochi e do MC Roger

Igor Brunaldi Publicado em 23/01/2020, às 16h55 - Atualizado às 17h00

None
Papatinho (Foto:Divulgação)

Nem sempre o nome dos beatmakers ganha tanto destaque quanto os nomes dos rappers que rimam por cima das batidas. Mas quem acompanha a cena nacional do rap, com certeza já ouviu algum som vindo da mente do produtor carioca Papatinho. Aos 33 anos, ele já trabalhou com veteranos como Black Alien, astros em ascenção como L7nnon, Kevin O Chris e até nomes que já se instauraram como os maiores da música brasileira, como Ludmilla e Anitta, colaboração que conta até com participação do Snoop Dogg.

Apesar de já estar há anos no jogo, agora ele se prepara para lançar Workaholic, disco de estreia da carreira, que chega às plataformas de streaming em março. E para dar um gostinho do que está por vir, vai lançar na próxima sexta, 24, o primeiro single do trabalho: "Me Faz Um Favor", que conta com a participação dos rappers Xamã, Orochi e do MC Roger.

A Rolling Stone Brasil ouviu com exclusividade a faixa, e o que podemos falar é: se preparem para um hit que vai tocar muito nas próximas festas, bailes e blocos de carnaval.

A composição junta com naturalidade duas das sonoridades que mais estão em alta no momento, o trap e o funk.

De um lado, o beat bem marcado e guiado pelos elementos mais característicos do funk, e que também remete com sutileza a elementos da música eletrônica. Para completar, os versos cantados pelo MC Roger (que não saem da cabeça mesmo horas depois de você ter ouvido) somam ainda mais a esse clima de bailão.

Do outro lado, Orochi e Xamã entram com rimas que contemplam todo o espectro do trap, e trazem essa pegada hip-hop ao som, que se entrelaçam e se fundem com confiança ao todo da obra.

Papatinho define "Me Faz Um Favor" como "uma música bem para cima, urbana, que não foge da minha essência, e é só o começo dessa nova história. Vou trazer muita mistura boa e esta estreia é só um esquenta do que é o projeto Workaholic."   

Ele conta também que, depois de produzir mais de 200 músicas ao redor de países como Estados Unidos, México e, claro, Brasil, e dormir incontáveis noites no sofá do estúdio, o disco de estreia "vem para coroar todo este trabalho". 

"São mais de 20 participações especiais, uma mistura incrível da galera do pop com a galera do funk e a galera do rap", garante.

Veja abaixo a capa do single "Me Faz Um Favor".


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL