"Steve Jobs é responsável por matar a indústria musical", diz Jon Bon Jovi

Redação Publicado em 15/03/2011, às 12h30

Uma boa parcela dos amantes de música assume hoje uma postura, digamos, mais saudosista no que se refere ao consumo dos materiais de suas bandas e artistas solo de preferência. Nada como colocar um vinil para tocar, nada como o formato físico dos álbuns, nada como ir à loja procurar pelo tão aguardado CD, defendem. E Jon Bon Jovi integra esse time.

Em entrevista à publicação Sunday Times, o líder do Bon Jovi lamentou essa atual preferência da nova geração pelos MP3s e pelos singles. "Os jovens de hoje perderam toda a experiência de colocar os fones de ouvido, aumentar o volume, pegar a capa do disco, fechar os olhos e se perder em um álbum", criticou. "A beleza também de pegar sua mesada e escolher um disco apenas pela capa, sem saber como ele é."

O cantor seguiu com seu discurso, acusando Steve Jobs e a Apple de serem os responsáveis por essa mudança: "Foi uma época mágica. Eu detesto soar como um velho hoje, mas eu sou, e, anote o que estou dizendo, daqui a um tempo as pessoas se perguntarão sobre o que aconteceu. Steve Jobs é pessoalmente responsável por matar a indústria musical".