Terminou o namoro? Grave uma música e publique no YouTube

Redação Publicado em 09/12/2012, às 11h01

Jonathan Mann - “We’ve Got To Break Up”
Reprodução / Vídeo

Talvez não seja a ideia menos invasiva de todas, mas evita aquele momento esquisito de mudar o status de relacionamento no Facebook para “solteiro(a)”. O casal Jonathan Mann e Ivory King, que vivia no Brooklyn, decidiu publicar uma música que explica o motivo do fim do relacionamento de cinco anos. Ele queria ter um filho – ela, não.

Galeria: músicas para curar um coração partido.

E o resultado, que pode ser conferido abaixo, é bastante fofo, embora também melancólico. A gaita e bateria levam a música, em uma melodia simples e gostosa, enquanto os dois explicam que ainda se amam, mas que não conseguiram chegar a algum acordo sobre serem pais, ou não.

Eles dão um recado para os amigos – veja bem, foi um relacionamento de cinco anos e, agora, é chegada a hora daquele distanciamento. “Vocês não precisam escolher, embora seja estranho / Simplesmente nos convide para as suas festas e nós daremos um jeito”, pedem os dois recém-separados.

Acontece que Jonathan, na verdade, criou um projeto em 2009 chamado Song a Day e o nome é claramente autoexplicativo: ele publica em sua página no YouTube uma música por dia – já chegou aos 1291 vídeos. Jonathan leva o projeto muito a sério e já prepara um disco, com ajuda de um financiamento coletivo.

“We’ve Got To Break Up” foi lançada na última quarta-feira e ultrapassou a marca dos 170 mil visualizações. Nos comentários, pessoas que passam por situações semelhantes àquela vivida pelo casal contam seus casos e desamores.

Dentro dessa tarefa de compor, gravar e publicar uma canção por dia, Jonathan fala e versa sobre tudo, do problema na antena do iPhone 4, ou quando a confusão no Twitter quando o Arcade Fire ganhou o Grammy e algumas pessoas mais jovens se perguntavam: “quem é Arcade Fire?”. Os casos vão até... Bom, até ao fim do relacionamento dele. Separamos, além do viral “We’ve Got To Break Up”, outros vídeos. Todas têm o mesmo jeitão indie meigo, mas é difícil exigir que o sujeito faça uma música por dia e varie do death metal até a bossa nova, não é mesmo?

“We’ve Got To Break Up”:

"The History of Video Games (in song)":

"The Red Panda Hop"

"Who The Hell Is Arcade Fire?"