Vendo dobrado

Gilberto Gil canta ao lado de seu próprio holograma

Redação Publicado em 28/06/2012, às 18h05 - Atualizado em 14/11/2012, às 17h21

Gilberto Gil
Divulgação

Gilberto Gil fez 70 anos na última terça, 26, e comemorou o aniversário aderindo à última moda da música: os hologramas. Gil (o de verdade) fez um show no último domingo, 24, em Belo Horizonte, em ótima companhia, ao lado de... Gilberto Gil (o de mentira)!

Gil sempre foi dado a novidades tecnológicas, especialmente no que diz respeito a formas de distribuir música. Então experimentou virar holograma durante a performance do Festival Natura Musical.

O brinquedinho deu trabalho. Primeiro, o cantor baiano gravou a voz e a presença de palco de seu personagem em estúdio. Ele foi interagindo com alguns objetos de cena colocados no ambiente para poder gerar os movimentos necessários. O conteúdo registrado foi, então, projetado em uma tela translúcida que estava no palco da performance e, ao fundo dessa tela, estava o cenário iluminado. Com as duas camadas, foi criada a ilusão de holografia.

Foi assim que a parceria clássica entre Gilberto Gil e Dominguinhos para “Lamento Sertanejo” virou uma parceria entre Gil e Gil, feita exclusivamente para o evento.