Campus Party 2021: Conheça Ubiratã, jogo de RPG baseado na mitologia indígena

Cheio de representatividade, Ubiratã é um jogo de RPG que procura tornar o folclore brasileiro mais interessante para a sociedade gamer

Redação Publicado em 14/11/2021, às 18h58

None
Capa do jogo Ubiratã (Foto: Leon Sarmento/Reprodução)

Durante palestra na Campus Party 2021, os criadores Brau Saraiva, Felliphe Wesllen Lima Correa, Amanda Morais e Leon Sarmento contaram mais detalhes sobre Ubiratã, um projeto brasileiro inovador e representativo na área dos games. 

Ubiratã se destaca na indústria por ser um projeto de jogo de RPG, acompanhado de um livro, baseado na mitologia indígena. A ideia nasceu com o intuito de trazer representatividade, ensinar a cultura amazônica e tornar o folclore brasileiro mais interessante para a sociedade gamer. 

+++ LEIA MAIS: Campus Party 2021: Como é a vida do campuseiro na edição de 'retomada'?

Na palestra que aconteceu neste domingo, 13, os criadores abordaram temas como a criação de personagens, roteirização, insights, game design, concept art e a pesquisa envolvida sobre cultura amazônica e mitologia indígena.

Amanda e Felliphe foram os responsáveis pela origem do projeto, e explicaram como a ideia nasceu da loja de estamparias que possuíam. “Queria montar uma estamparia que fosse temática, veio primeiro a ideia de fazer de super-heróis. Mas dei um estudada e vi que a [temática de super-heróis] estava carregada, tem muita cultura de fora e pensei ‘caramba, não tem nada da cultura regional’,” contou Felliphe

+++ LEIA MAIS: Campus Party 2021: 'Agora é a revolução digital,' diz CEO Tonico Novaes [ENTREVISTA]

Primeiramente, o projeto originou uma HQ com heróis regionais, e após isso, tornou-se um jogo de RPG que se passa no ano 1600 no estado do Amazonas. Ao todo, são 25 personagens no jogo Ubiratã, sendo quatro deles baseados em deuses da mitologia indígena, como Tupã, Jaci, Guaraci e Boiuna, e cinco da cultura folclórica: Mapinguari, Saci, Curupira, Matinta Pereira e Boitatá.


Tudo sobre a Campus Party 2021 

Neste ano, o evento acontece em formato híbrido: entre 11 e 12 de novembro, a programação será virtual, e entre os dias 13 e 15, o festival será presencial e aberto ao público, no Centro de Eventos do Anhembi

+++ LEIA MAIS: Campus Party 2021 retoma atividades presenciais com evento reduzido, mas altas expectativas

Para entrar na Campus Party 2021, é preciso estar com carteira da vacinação atualizada — seja digital ou no papel. Além disso, o festival exige o uso de máscara o tempo todo, além de recomendar o distanciamento de, pelo menos, um metro, entre as pessoas no evento.