007 - Cassino Royale: Mads Mikkelsen não era o vilão original; entenda

Mads Mikkelsen é dinamarquês, enquanto ator original era francês, como o vilão Le Chiffre

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 17/09/2021, às 11h59

None
Cena de 007 - Cassino Royale (Foto: Reprodução/Metro-Goldwyn-Mayer)

Debbie McWilliams, diretora de elenco de 007 - Cassino Royale (2006), revelou como Mads Mikkelsen não era a escolha original para interpretar Le Chiffre, vilão do filme estrelado por Daniel Craig (James Bond). Esse foi o primeiro filme do espião após Pierce Brosnan sair do papel - e havia bastante pressão.

Como Screen Rant apontou, James Bond é tão bom quanto os vilões, e Le Chiffre é considerado por diversos fãs como um dos melhores antagonistas recentes do personagem. Com um visual único, um comportamento frio e calculista, além de uma tendência para torturar homens, Mikkelson continuou a viver nos corações dos admiradores do espião.

+++LEIA MAIS: 007: Por que Henry Cavill não foi escalado para Cassino Royale?

Mikkelsen, nascido na Dinamarca, não era conhecido pelo público mundial antes de Cassino Royale. Depois, tornou-se bastante conhecido pelos papéis em Hannibal, Doutor Estranho (2016) e Druk - Mais uma Rodada, vencedor do Oscar 2021 de Melhor Filme Estrangeiro. Também está no elenco de Indiana Jones 5.

No entanto, segundo comentários de Debbie McWilliams em entrevista à EW, outro ator interpretaria Le Chiffre originalmente. Embora a diretora de elenco não tenha revelado quem foi escolhido primeiro, deu algumas dicas relacionadas ao nome e a herança do vilão de 007 - Cassino Royale.

+++LEIA MAIS: 007: Por que diretor de Cassino Royale teve objeções em escalar Daniel Craig como James Bond?

"As mentes mudam bastante durante o processo. Algumas pessoas são escolhidas mesmo após começarmos a filmar. Mads Mikkelsen não estava em [Casino Royale] até que a pessoa originalmente escolhida não foi," afirmou. "Havia um ator em mente quem eu queria muito, mas o estúdio não quis no final. Você sempre precisa ter seus olhos abertos para o caso de você necessitar substituir alguém, um acontecimento comum."

"Eu monitorava Mads Mikkelsen há um bom tempo e o vira em alguns filmes dinamarqueses e estava realmente impressionado com a versatilidade dele," continuou Debbie McWilliams. "Mantive meu olho sobre ele, embora, na minha opinião, não estivesse totalmente certo para o papel porque La Chiffre era para ser francês pelo nome, mas nosso ator francês não seria escalado."

+++LEIA MAIS: 007: Diretora Debbie McWilliams sentiu 'pena' de Daniel Craig após críticas à contratação em Cassino Royale

Por sorte, a equipe de 007 - Cassino Royale estava em Praga, capital da República Tcheca, assim como Mikkelsen, como revelou a diretora de elenco: "Por isso coloquei-o no filme. Foi uma situação um pouco estranha. Mas essas são sempre situações bastante estranhas."