007 não deve ser interpretado por uma mulher, segundo Daniel Craig

Daniel Craig dá adeus a James Bond em 007 - Sem Tempo Para Morrer, previsto para este mês

Redação Publicado em 21/09/2021, às 10h06

None
Daniel Craig no trailer de 007 - Sem Tempo Para Morrer (Foto: Reprodução/YouTube)

Daniel Craig dá adeus a James Bond em 007 - Sem Tempo Para Morrer, filme previsto para chegar aos cinemas no dia 30 de setembro. Em nova entrevista, ao ser questionado sobre o futuro da franquia, o astro respondeu que o personagem não deve ser interpretado por uma mulher, via Independent.

Como lembra o site, esse debate sobre a representação e uma possível reformulação do personagem ressoou por anos, com alguns fãs sugerindo uma mulher para assumir o icônico papel. No entanto, Daniel Craig discorda dessa ideia.

+++ LEIA MAIS: Por que produção de 007: Sem Tempo para Morrer jogou 31 mil litros de refrigerante no meio de rua da Itália?

Em nova entrevista ao Radio Times, o astro refletiu sobre o assunto, dizendo não acreditar que James Bond deveria ser interpretado por mulheres: "Deveria simplesmente haver papéis melhores para mulheres e atores negros," falou.

Ainda, o memorável ator de 007 aproveitou a ocasião para questionar: "Por que uma mulher deveria interpretar James Bond quando deveria haver um papel tão bom quanto James Bond, mas para uma mulher?"

+++LEIA MAIS: Após 007, Daniel Craig está em negociações para papel no MCU

Anteriormente, outros nomes da franquia também se opuseram à ideia de trazer uma mulher para o papel clássico de James Bond. A produtora da franquia Barbara Broccoli, por exemplo, afirmou ao Good Morning Britain em 2019:

"Temos que fazer filmes sobre mulheres e histórias de mulheres, mas temos que criar personagens femininas e não apenas para um truque transformar um personagem masculino em uma mulher," disse.

+++LEIA MAIS: Billie Eilish revela Easter egg de James Bond em 'No Time to Die'


007: Sem Tempo Para Morrer

007 - Sem Tempo Para Morrer marca a despedida oficial de Daniel Craig da icônica franquia, e o adeus ao espião James Bond, o qual o astro interpretou pela primeira vez em Casino Royale (2006). Dirigido por Cary Joji Fukunaga e escrito por Phoebe Waller-Bridge, o filme chega aos cinemas no dia 30 de setembro.