Alec Baldwin quer policiais em sets de filmagem para monitorar uso de armas

Nas filmagens do longa-metragem Rust, Alec Baldwin acidentalmente atirou e matou a diretora Halyna Hutchins

Julia Harumi Morita Publicado em 09/11/2021, às 11h59

None
Alec Bladwin (Foto: Mark Sagliocco/Getty Images for National Geographic)

Alec Baldwin usou as redes para falar sobre segurança nos set de filmagens. Após matar acidentalmente a diretora Halyna Hutchins durante a produção do filme Rust, o ator entrou no debate sobre como tornar os locais de gravações seguros. (Via The Guardian)

"Todo set de filme ou TV que usa armas, falsas ou não, deve ter um policial contratado pela produção para monitorar especificamente a segurança das armas," compartilhou Baldwin em uma publicação no Twitter. A conta do ator se tornou privada, mas o mesmo post foi compartilhado no Instagram aberto do artista.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Alec Baldwin (@alecbaldwininsta)

 

+++ LEIA MAIS: Alec Baldwin: Filha do ator tem recebido ameaças e mensagens de ódio

Armas em set de filmagens

Conforme a investigação sobre a morte de Hutchins continua, diversos artistas se manifestaram sobre o uso de armas nos sets de filmagens. The Rock prometeu não usar mais armas reais nas produções dele, assim como o criador de The Boys baniu os objetos dos locais de gravações.​​

Quem era Halyna Hutchins?

Recentemente, Baldwin falou pela primeira vez sobre a morte de Halyna Hutchins para um repórter. Em um vídeo compartilhado pelo TMZ, o astro diz: ​​“[Halyna] era minha amiga [...] “Éramos uma equipe muito, muito bem entrosada, filmando um filme juntos e então esse evento horrível aconteceu.”

+++ LEIA MAIS: Nicolas Cage já se irritou com armeira que deu revólver para Alec Baldwin

Aos 42 anos, Hutchins tinha créditos em curtas-metragens, produções de televisão e filmes desde 2012 - segundo os títulos cadastrados no site IMDb. Como diretora de fotografia, havia ficado à frente de uma série de filmes como Archenemy (2020), com Joe Manganiello, Blindfire (2020) e The Mad Hatter (2021), segundo informações do G1.