Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Anthony Mackie concorda com Tarantino: 'Marvel é a morte das estrelas de cinema'

Recentemente, Quentin Tarantino opinou que filmes da Marvel trouxeram 'morte das estrelas de cinema'

Redação Publicado em 24/11/2022, às 15h49

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Anthony Mackie como Capitão América (Foto: Reprodução/Disney+e Quentin Tarantino (Foto: Cindy Ord/Getty Images for SiriusXM)
Anthony Mackie como Capitão América (Foto: Reprodução/Disney+e Quentin Tarantino (Foto: Cindy Ord/Getty Images for SiriusXM)

Em novembro de 2022, o icônico diretor Quentin Tarantino criticou filmes de super-herói, predominante em Hollywood e salas de cinema pelo mundo. Na ocasião, o cineasta apontou "Marvelização" da indústria e opinou como os filmes do Universo Cinematográfico Marvel (MCU) acabaram com "estrelas de cinema." Novo Capitão América da franquia, Anthony Mackie concordou com Tarantino.

No entanto, a declaração de Mackie, como relembrou Yahoo! Movies, aconteceu Comic-Con de Londres em 2018. "Não existem mais estrelas de cinema. Tipo, Anthony Mackie não é uma estrela de cinema. Falcão é uma estrela de cinema. E é isso que é estranho," afirmou o ator na ocasião.

+++LEIA MAIS: Quentin Tarantino: 10º e último filme do diretor será 'uma história original'; entenda

"Costumava ser com Tom Cruise, Will Smith, [Sylvester] Stallone e [Arnold] Schwarzenegger, quando você ia ao cinema, você ia ver o filme de Stallone. Você foi ver o filme de Schwarzenegger," continuou o artista. "Agora, você vai ver: X-Men. Então a evolução do super-herói significou a morte da estrela de cinema."


Simu Liu, de Shang-Chi, rebate Tarantino e defende Marvel: 'Nenhum estúdio é perfeito'

Simu Liu, protagonista de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis (2021), usou o Twitter para rebater o cineasta Quentin Tarantino sobre filmes da Marvel. Para o diretor de Pulp Fiction (1994), "Marvelização" é responsável por acabar com as estrelas de Hollywood.

+++ LEIA MAIS: Quentin Tarantino critica 'Marvelização' de Hollywood: 'Não há estrelas de cinema'

"Você tem todos esses atores que ficaram famosos interpretando esses personagens. Mas eles não são estrelas de cinema. Certo? Capitão América é a Estrela, ou então, Thor é a estrela. Isso foi dito um zilhão de vezes." afirmou Tarantino em entrevista ao podcast de Tom Segura.

Na última terça, 22, Simu respondeu: "Se os únicos guardiões do estrelato no cinema fossem Tarantino e Scorsese, eu não teria a oportunidade de estrelar um filme de mais de US$ 400. Tenho muito respeito pela genialidade deles em fazer filmes, mas não apontem o dedo para mim ou outras pessoas."

+++LEIA MAIS: Kill Bill: Por que Michelle Yeoh não está em filme de Tarantino?

"Nenhum estúdio é ou será perfeito. Mas estou orgulhoso de trabalhar com um que se esforça para aumentar a diversidade, criando heróis que inspiram pessoas em comunidades de todos os lugares," continuou.

O ator aproveitou para criticar o racismo na chamada Era de Ouro de Hollywood:"Também amo a Era de Ouro, mas era branca para caramba."

+++LEIA MAIS: Quentin Tarantino deve fazer série para TV em 2023