Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Brendan Fraser defende The Whale de acusações de gordofobia

Pela atuação em The Whale, Brendan Fraser foi ovacionado por 7 minutos no Festival Internacional de Cinema de Veneza

Redação Publicado em 01/12/2022, às 14h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Brendan Fraser em The Wale (Foto: Divulgação)
Brendan Fraser em The Wale (Foto: Divulgação)

No Festival Internacional de Cinema de Veneza, Brendan Fraser foi ovacionado por sete minutos por conta da emocionante atuação em The Whale. No entanto, o filme dirigido por Darren Aronofsky recebeu diversas críticas de gordofobia - e o ator defendeu o longa. Vale lembrar como o personagem de Fraser é um professor de inglês recluso que vive com obesidade severa.

Durante entrevista à People, o artista elogiou a produção e explicou como estaria "absolutamente" disposto a se transformar para outro papel no futuro. "Eu acho que é uma das maneiras mais exatas de criar um personagem e um corpo", afirmou.

+++LEIA MAIS: Batgirl: Brendan Fraser ironiza cancelamento do filme; veja

"E, neste caso, o mandato de que a roupa de Charlie respeitaria as leis da gravidade e da física, em oposição às muitas maneiras pelas quais vimos esse personagem retratado em filmes antes como realmente uma piada de uma nota, e em uma roupa que é apenas injusto," continuou Brendan Fraser.

Essa é uma visão pessoal, mas sentimos a obrigação de garantir que fosse complicado. Foi preciso, foi para isso que nos esforçamos.

Brendan Fraser comenta CGI bizarro de O Retorno da Múmia: 'Precisávamos de mais tempo'

Segundo filme de uma das franquias de ação mais clássicas do final dos anos 1990 e começo dos anos 2000, O Retorno da Múmia é marcado até hoje pelo visual bizarro em computação gráfica (também conhecida como CGI) de Mathayus, primeiro personagem de Dwayne "The Rock" Johnson nos cinemas. Agora, Brendan Fraser, intérprete do protagonista Rick O'Connell, comentou esse marco bizarro da cultura pop.

+++LEIA MAIS: Brendan Fraser é ovacionado por 7 minutos no Festival Internacional de Cinema de Veneza; veja

Durante entrevista à GQ, o ator reconheceu que o visual envelheceu mal, mas aproveitou para defender a equipe de efeitos visuais do longa. "Eu sei, eu sei, seja gentil. Os caras que fizeram o CGI do Escorpião Rei, na estreia, disseram: ‘Ei, como vai você? Bom trabalho. Você sabe, nós fizemos a computação gráfica.' E eles meio que disseram: ‘Sim, precisávamos de um pouco mais de tempo [risos] antes de…’ Mas foi no último minuto, não sei."

"Mas parte do charme disso é que, quando você assiste agora, como se pudesse ser remasterizado, eu acho, mas não seria tão divertido se você não visse esse tipo de personagem desajeitado de Dwayne fazendo ‘rawwwh,'" continuou o ator. "E, de alguma forma, é simplesmente perfeito, como as coisas funcionam."

+++LEIA MAIS: Globo de Ouro 2023: Brendan Fraser não participará da premiação após alegar que foi abusado sexualmente