Clube da Luta: China altera final do filme - e autor aprova versão: 'Trouxeram o filme de volta ao livro'

Chuck Palahniuk, autor do livro Clube da Luta, afirmou estar acostumado com versões alternativas da obra dele

Redação Publicado em 27/01/2022, às 14h50 - Atualizado em 30/01/2022, às 13h30

None
Cena de Clube da Luta (Foto: Reprodução / Fox)

O filme Clube da Luta (1999) ganhou grande repercussão nas redes sociais após a China disponibilizar uma versão editada do longa-metragem no serviço de streaming Tencent Video. Muitos usuários criticaram o corte, mas o autor do livro original elogiou a nova versão. (Via The Guardian)

No filme de David Fincher, lançado em 1999, os protagonistas armam um plano para acabar com o consumismo e, no final, observam a execução dele, o qual envolve explodir prédios na região.

+++ LEIA MAIS: Por que Stephen King demorou para assistir Clube da Luta?

Na versão lançada pela China, a explosão não acontece. Uma mensagem na tela avisa: "Através da pista fornecida por Tyler, a polícia rapidamente descobriu todo o plano e prendeu todos os criminosos, impedindo com sucesso a explosão da bomba. Após o julgamento, Tyler foi enviado para um asilo de lunáticos recebendo tratamento psicológico. Ele recebeu alta do hospital em 2012."

Chuck Palahniuk, autor do livro Clube da Luta (1996), acredita que a nova versão se aproxima mais da obra original. "Isso é super maravilhoso! Todo mundo tem um final feliz na China!," escreveu no Twitter.

+++ LEIA MAIS: Os 6 melhores filmes e séries de Helena Bonham Carter: De Harry Potter a Clube da Luta [LISTA]

Mais tarde, disse ao TMZ: “A ironia é que… eles alinharam o final quase exatamente com o final do livro, ao contrário do final de Fincher, que foi o final visual mais espetacular. Então, de certa forma, os chineses trouxeram o filme um pouco de volta ao livro.”

Além disso, Palahniuk questionou o motivo das alterações da China incomodarem o público, quando os Estados Unidos também alterou a narrativa original para os cinemas - e, segundo o escritor, outros países editaram o final do livro sem permissão.

+++ LEIA MAIS: Qual conselho Brad Pitt deu para o autor de Clube da Luta?

“O que acho realmente interessante é que meus livros são fortemente proibidos nos EUA. O sistema penitenciário do Texas se recusa a carregar meus livros em suas bibliotecas. Muitas escolas públicas e a maioria das escolas particulares se recusam a ter meus livros. Mas é apenas um problema quando a China muda o final de um filme? Tenho aturado a proibição de livros por um longo tempo.”

Clube da Luta nos cinemas

Clube da Luta é estrelado por Brad Pitt, Edward Norton e Helena Bonham Carter. O filme com status cult tem 96% de aprovação do público no Rotten Tomatoes e arrecadou US$ 37 milhões nas bilheterias norte-americanas.

+++ LEIA MAIS: Jaqueta icônica de Brad Pitt em Clube da Luta vai a leilão