Cinderela: Billy Porter, de Pose, transcende limites de gênero ao interpretar Fada Madrinha

Billy Porter, o Pray Tell de Pose, integra o elenco de Cinderela como Fab G, uma nova versão da Fada Madrinha

Redação Publicado em 04/09/2021, às 14h30

None
Billy Porter como Fada Madrinha em Cinderella Movie (Foto: Divulgação)

A nova versão de Cinderela, estrelada pela cantora e ex-integrante do grupo Fifth Harmony Camila Cabello, estreou no serviço de streamingAmazon Prime Video nesta sexta, 3 de setembro. O tradicional enredo da princesa é apresentado de forma moderna, e alguns personagens e conceitos também foram adaptados, como a Fada Madrinha, interpretada por Billy Porter, famoso pelo papel de Pray Tell na série Pose (2018).

A Fada Madrinha, na nova versão live-action, chama-se FabG e desafia convenções da binaridade de gêneros. Aos 51 anos, Porter conversou com o Splash UOL e revelou como torce para que a personagem ajude o público a aceitar individualidades dos outros: "Todos nós somos, antes de tudo, seres humanos. Respeitar a humanidade de todos é o objetivo de sermos humanos."

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Cinderela, live-action com Camila Cabello: trailer, tracklist e mais [LISTA]

Porter está acostumado a desafiar padrões além do personagem em Pose, um mestre de cerimônias dos ballrooms em Nova York (EUA) da década de 1980. Nos tapetes vermelhos das diversas premiações às quais foi indicado, costuma usar roupas que misturam artigos vistos como femininos e masculinos, transcendendo as regras de como cada pessoa deve se vestir.

O ator é, também, um símbolo de coragem, especialmente para a comunidade LGBTQ+. Em maio de 2021, revelou ser HIV positivo desde 2007 — mantinha o segredo com medo de ser marginalizado, ainda segundo o Splash UOL. "Foi o pior ano da minha vida. Vivi com vergonha e em silêncio durante 14 anos. De onde vim, crescendo em uma família Pentecostal e muito religiosa, HIV é uma punição de Deus," disse ao The Hollywood Reporter.

+++LEIA MAIS: Billy Porter vira meme ao usar um curioso chapéu de controle remoto no Grammy 2020; veja reações

Em 2020, Porter também dividiu outros detalhes de sua vida pré-Pose, como o assédio que sofreu por parte do padrasto entre sete e 12 anos, além de ter se revelado gay no meio da crise da AIDS: "Não houve um momento que eu não vivesse em trauma," disse.


Mais sobre Cinderela

Cinderela foi dirigido por Kay Cannon, também responsável pelo roteiro de A Escolha Perfeita (2012), e tem Nicholas Galitzine, Idina Menzel, James Corden, Pierce Brosnan, John Mulaney entre outros nomes no elenco. Assista ao trailer a seguir:

+++LEIA MAIS: Cinderela: primeiras críticas de filme com Camila Cabello evidenciam 'inconsistência' e 'pouco desenvolvimento'


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!