David Bowie: Documentário causou ataque do coração, diz diretor

Moonage Daydream, dirigido por Brett Morgen, é um documentário que mostra imagens inéditas de David Bowie

Redação Publicado em 26/05/2022, às 12h53

None
David Bowie no documentário Moonage Daydream (Foto: Reprodução/YouTube)

Brett Morgen, diretor do documentário Moonage Daydream, revelou como trabalhou tanto no filme que sofreu um ataque cardíaco, segundo informações do NME. A produção é sobre o icônico cantor David Bowie e mostra arquivos pessoais e imagens de performances inéditas dele.

O longa promete levar os espectadores a uma jornada "imersiva" por meio de "imagens sublimes e caleidoscópicas, imagens de arquivo pessoal e performances invisíveis" ancoradas pela música e palavras de Bowie. Vale lembrar como esse é o primeiro filme a ter apoio do espólio do Camaleão do Rock, responsável por conceder a Morgen acesso sem precedentes à sua coleção. O diretor foi presenteado com mais de cinco milhões de ativos em 2017.

+++LEIA MAIS: David Bowie refelete sobre significado da vida no trailer de Moonage Daydream; assista

Porém, esse "privilégio" não foi algo totalmente positivo, porque o cineasta teve a vida "fora de controle" quando começou a trabalhar em Moonage Daydream em janeiro de 2017. "Assim que comecei a trabalhar neste filme, sofri um ataque cardíaco fulminante," revelou à BBC News. "Fiquei parado por três minutos e fiquei em coma."

"Eu estava totalmente obcecado pelo trabalho. Coloquei todo meu ego no meu trabalho e sou pai de três filhos," continuou Brett Morgen. "Quando você tem uma experiência como essa, você pensa, qual é a mensagem da minha vida? Trabalhe duro e morra aos 40 anos. Eu precisava aprender a viver novamente e foi quando David Bowie realmente voltou à minha vida aos 47 anos."

+++LEIA MAIS: David Bowie: remake de filme do cantor foi escolha 'ousada', diz protagonista Bill Nighy

Ele me fez a transição da infância e depois me fez a transição de um filho homem para um pai adequado. Isso para mim foi o maior presente dele. Não tinha ideia de como ele impactaria minha vida
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por David Bowie (@davidbowie)


David Bowie ganha nova estátua de cera em museu londrino

David Bowie ganhou uma nova estátua de cera no famoso museu Madame Tussauds, em Londres, Inglaterra. A obra faz parte da experiência “Festival de Música” e retrata o músico durante a icônica era Ziggy Stardust.

De acordo com NME, a estátua é a segunda do museu e foi criada em parceria com espólio de Bowie com informações da seção do cantor de 1983. A obra divide espaço com esculturas de artistas como Jimi Hendrix, Stormzy, Ed Sheeran, Beyoncé, Amy Winehouse e Little Mix.

+++ LEIA MAIS: David Bowie: Quais foram últimas palavras do astro antes de morrer?

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Madame Tussauds London (@madametussauds)

 

Gerente geral do Madame Tussauds, Tim Waters afirmou: “David Bowie como Ziggy Stardust transcende gerações e gêneros musicais, tornando-o a atração principal para o lançamento de nossa nova zona de ‘Festival de Música’. Tivemos a honra de trabalhar com sua propriedade no ano em que ele completaria 75 anos e desempenhar nosso pequeno papel em manter o legado inimitável vivo para as próximas gerações.”

Em relação ao espaço “Festival de Música,” Waters explicou: “Com nossa nova experiência no ‘Festival de Música,’ capturamos a magia da música ao vivo, com lendas que você literalmente não poderia ver juntas em nenhum outro lugar, de uma maneira que apenas Madame Tussauds London pode mostrar. Há também o bônus adicional de não enfrentar campos lamacentos ou confrontos no palco principal.”

+++ LEIA MAIS: David Bowie: Disco 'perdido' do cantor será finalmente lançado

Confira a estátua de Bowie em detalhes:

estatua david bowie
Estátua de David Bowie (Foto: Divulgação / Madame Tussauds Londres)

 

estatua david bowie
Estátua de David Bowie (Foto: Divulgação / Madame Tussauds Londres)