Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Diretor de Pânico VI conta como filme derruba teoria popular entre fãs

Segundo Tyler Gillett, uma morte foi escrita especificamente para contrariar conspiração popular na franquia

Redação Publicado em 13/03/2023, às 12h27

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Stu Macher em Pânico, de 1996 (Reprodução)
Stu Macher em Pânico, de 1996 (Reprodução)

Uma cena de Pânico VIteria sido escrita inteiramente para derrubar uma teoria popular entre fãs da franquia. Trata-se da morte de Ethan (Jack Champion), um dos assassinos do sexto filme, que é uma referência direta à morte de Stu Macher (Matthew Lillard), um dos dois assassinos originais do primeiro Pânico(1996).

Um dos personagens mais populares da franquia, Stu tem seu fim causado pela protagonista Sidney Prescott (Neve Campbell), que derruba uma imensa TV tubo (muito popular nos anos 1990, diga-se de passagem) sobre sua cabeça no final do primeiro filme. Desde então, porém, muitos fãs se questionam se a queda da televisão seria o suficiente para matar o assassino - especialmente para os padrões sangrentos de Pânico.

+++ LEIA MAIS: Pânico VI empolga, mas expõe lugar-comum da franquia [CRÍTICA] 

A teoria de que Stu teria sobrevivido à queda ganhou fôlego com a revelação de que uma das propostas de Pânico 3(1999) envolvia o retorno do assassino. Matthew Lillard chegou a ser contratado para atuar na sequência, mas depois teve o papel derrubado devido a mudanças de roteiro.

Ethan (Jack Champion) em Pânico VI (Divulgação)
Ethan (Jack Champion) em Pânico VI (Divulgação)

Com a chegada do novo filme e suas incontáveis referências ao passado da franquia, Ethan, um dos novos assassinos, encontra seu fim causado pelo mesmíssimo aparelho de TV. Tyler Gillett, codiretor de Pânico VI, admitiu à Varietyque a cena teria sido escrita especificamente para provar que Stu poderia ter morrido no primeiro filme.

+++LEIA MAIS: Pânico VI: 10 referências e easter eggs que apenas fãs vão perceber no trailer

"Vamos falar sobre Stu e a TV. Houve uma conspiração de que Stu estaria vivo. [A cena em que] Kirby empurra a TV em Ethan para provar que a mesma TV matou Stu?", questionou a Variety, ao que Gillet confirmou: "sim".

"[A cena] foi escrita, especificamente, como uma morte brutal e definitiva", falou o diretor.

Questionado na mesma entrevista se Stu poderia fazeruma aparição no futuro da franquia, o produtor William Sherak deixou a questão em aberto: "tudo é possível".