Harry Potter: Rupert Grint quase trocou carreira de ator por vendedor de sorvete após fim da franquia; entenda

Inseguro sobre próprias habilidades, Rupert Grint passou um ano afastado dos holofotes e considerou trocar de carreira

Dimitrius Vlahos (sob supervisão de Eduardo do Valle) Publicado em 23/03/2022, às 10h58

None
Rupert Grint (Foto: Michael Loccisano / Getty Images)

Rupert Grint pensou em desistir da carreira após fim das filmagens de Harry Potter e As Relíquias da Morte: Parte 2 (2011). Intérprete de Rony Weasley estava desanimado e cogitou vender sorvetes para ganhar dinheiro, conforme revelou ao The New York Times (via E-Pipoca).

"Definitivamente pensei: 'É muito tarde para escolher outra carreira?," questionou. Grint sabia interpretar o escudeiro do Harry Potter (Daniel Radcliffe) muito bem, mas se questionava se teria capacidade para viver personagens adultos e mais complexos.

+++ LEIA MAIS: Rupert Grint não descarta ideia de voltar a interpretar o Rony Weasley: 'Nunca diga nunca'

Então, comprou uma van branca e rosa para vender sorvetes e a levou para casa da família no norte de Londres, Inglaterra, no último dia de trabalho no set de Harry Potter. Rupert refletiu sobre a decisão e, após um ano, decidiu retomar carreira artística.

Em busca de outros desafios, ator rejeitou papéis similares ao de Rony e aceitou papel em produções como Snatch: Um Novo Golpe (2017). Além disso, se destacou em Servant (2019), produzida por M. Night Shyamalan (Corpo Fechado).

+++ LEIA MAIS: J.K. Rowling zomba de publicação em prol da comunidade LGBTQ+; entenda

A maturidade de Rupert também cresceu na vida pessoal. Durante a produção da série da Apple TV+, a filha do ator com a companheira e também atriz, Georgia Groome, nasceu. "Ter uma criança definitivamente me fez entender o que uma perda significaria," comentou. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Servant (@servantofficial)

 

Rupert Grint como Rony Weasley novamente?

Em entrevista ao ComicBook, o astro explicou que é muito grato à franquia e que não negaria voltar a viver Rony. "Eu não sei. Quer dizer, nunca diga nunca. Eu nunca diria: 'Absolutamente não.' Foi uma grande parte da minha vida e gosto muito desse personagem e das histórias. Então, sim, quero dizer, eu estaria pronto para isso no momento certo", explicou. "Não sei qual seria a capacidade, mas sim, veremos."