Hayden Panettiere revela luta contra as drogas no início da carreira: 'Estava no auge e estraguei tudo'

Hayden Panettiere disse ter começado a usar 'pílulas da felicidade' para manter o bom-humor durante entrevistas

Redação Publicado em 07/07/2022, às 12h40

Hayden Panettiere
Hayden Panettiere (Foto: Dimitrios Kambouris / Getty Images)

Hayden Panettiere revelou detalhes da luta contra o vício em álcool e opióides durante os estágios iniciais de sua carreira. A atriz de 32 anos se abriu em uma entrevista à People, falando as consequências que o vício trouxe para sua adolescência e carreira artística. 

Panettiere ganhou o coração do público nos anos 2000, após realizar diversas aparições em novelas e estrelar Duelo de Titãs (2000) ao lado de Denzel Washington. Seu sucesso continuou com O Cruzeiro dos Tigres (2004) e As Apimentadas: Tudo ou Nada (2006) da Disney.

+++ LEIA MAIS: Homem de Ferro ajudou Robert Downey Jr. na luta contra o vício: ‘Consigo me identificar muito com Tony Stark’

Foi nessa época, quando ela tinha 15 anos, que Panettiere recebeu pela primeira vez "pílulas da felicidade", disse a atriz. "Eles deveriam me deixar animada durante as entrevistas. Eu não tinha ideia de que isso não era uma coisa apropriada, ou que porta se abriria para mim quando se tratasse do meu vício."

À medida que sua carreira florescia, Panettiere conseguiu manter a sobriedade no set, mas não podia dizer o mesmo sobre seu tempo fora do set.

+++ LEIA MAIS: Jessica Simpson revela luta contra o vício em álcool e remédios: ‘Estava me matando’

“A única coisa boa é que eu não poderia fazer bagunça enquanto estava no set e trabalhando”, disse Panettiere. "Mas as coisas ficavam fora de controle [fora do set]. E à medida que envelhecia, as drogas e o álcool se tornaram algo que eu quase não conseguia viver sem."

Ela também falou sobre suas experiências com a depressão pós-parto, compartilhando que seu papel como a problemática estrela country Juliette Barnes em Nashville (2012) "mostrou a realidade que vivia em casa".

+++ LEIA MAIS: Elton John se arrepende de ter usado drogas: ‘Teria dito não’

Na série, a gravidez de Panettiere foi inclúida em sua personagem, produzindo roteiros centrados nas dificuldades que se seguiram. "Foram anos realmente difíceis", disse ela sobre o período após o nascimento de sua filha Kaya, que agora tem 7 anos. Após o nascimento da filha, Panettiere procurou tratamento para a depressão, mas seus obstáculos de vício permaneceram.

Um período de oito meses na reabilitação ajudou a atriz a sair do que ela descreveu como um "ciclo de autodestruição". 

+++ LEIA MAIS: Pânico 6 anuncia Hayden Panettiere e outros nomes do elenco; confira

É uma escolha diária, e estou sempre me checando. Mas estou muito grato por fazer parte deste mundo novamente e nunca mais pretendo usar substâncias que me tirem da realidade novamente.

Panettiere irá reprisar seu papel favorito dos fãs como Kirby Reed em Pânico 6, programado para ser lançado nos cinemas em março de 2023. A atriz apareceu em Pânico 4 (2011) mas não retornou para a quinta edição deste ano.