House of Gucci: Tom Ford ficou 'profundamente triste por vários dias' após assistir ao filme

Tom Ford foi o diretor criativo da marca de luxo nos anos 1990, período retratado em House of Gucci

Redação Publicado em 29/11/2021, às 09h24 - Atualizado em 30/11/2021, às 09h20

None
Lady Gaga em House of Gucci (Foto: Divulgação)

Tom Ford criticou diversos aspectos de House of Gucci(2021), filme recém-lançado com Lady Gaga, Adam Driver, Al Pacino, Jared Leto e mais no elenco. O estilista e cineasta foi diretor criativo da marca de luxo nos anos 1990, período retratado no longa-metragem. (Via NME)

Em um artigo para o Air Mail, Ford confessou que se sentiu como 'se tivesse sobrevivido a um furacão' após ver a produção. "Foi uma farsa ou um conto emocionante de ganância? Muitas vezes eu ria alto, mas deveria?," escreveu.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por TOM FORD (@tomford)

 

+++ LEIA MAIS: Além de House of Gucci: 6 filmes sobre a indústria da moda [LISTA]

O estilista também criticou algumas atuações e apontou pequenos erros na narrativa, como o brinde de Maurizio Gucci (Driver) a Ford depois do primeiro desfile de sucesso dele - o qual, segundo o cineasta, não aconteceu na vida real. "Os filmes têm uma maneira de se tornar verdade na mente das pessoas, uma realidade alternativa que com o tempo oblitera a realidade do que era.”

Ford continuou: “Às vezes, quando Al Pacino, como Aldo Gucci, e Jared Leto, como o filho de Aldo, Paolo Gucci, estavam na tela, não tinha certeza absoluta de que não estava assistindo a uma versão do conto no Saturday Night Live.”

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por House of Gucci (@houseofguccimovie)

 

+++LEIA MAIS: House of Gucci: Lady Gaga explica método de atuação: 'Estamos profundamente enraizados nesta experiência envolvente'

O estilista elogiou a performance de Lady Gaga como Patrizia Reggiani e Jeremy Irons como Rodolfo Gucci, porém, de forma geral, afirmou que o filme trouxe exagero para uma história trágica.

"Fiquei profundamente triste por vários dias depois de assistir a House of Gucci, uma reação que apenas aqueles que conheciam os jogadores e a jogada sentirão. Foi difícil para mim ver o humor e exagero em algo que era tão sangrento. Na vida real, nada disso era exagerado. Às vezes, era absurdo, mas no final das contas foi trágico.”

+++LEIA MAIS: House of Gucci: 5 curiosidades sobre papel de Lady Gaga - Figurinos, perucas e mais [LISTA]

House of Gucci

Baseado no livro A Casa de Gucci: Uma história sensacional de assassinato, loucura, glamour e ganância, de Sara Gay Forden, House of Gucciestreou 25 de novembro e apresentou a história da família fundadora da grife após a morte de Maurizio, planejada pela esposa Patrizia Reggiani.