Indiana Jones: franquia não lançaria filme sem Harrison Ford, afirma presidente da Lucasfilm

Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm, revelou que não continuaria franquia de Indiana Jones sem Harrison Ford

Redação Publicado em 18/05/2022, às 20h40

None
Indiana Jones e Os Caçadores da Arca Perdida (Foto: Reprodução)

Desde o primeiro filme, Os Caçadores da Arca Perdida (1981), a franquia Indiana Jones é estrelada por Harrison Ford. Em entrevista à VanityFair,Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm, revelou que “nunca faria” um novo longa da saga sem o ator. 

Para ela, tentar encontrar um novo ator para o personagem Han Solo, interpretado por Ford na franquia Star Wars, foi um erro — e não pretende repeti-lo. Assim, explicou como a saga Indiana Jones não existiria mais se Ford não fosse o protagonista. 

+++ LEIA MAIS: Indiana Jones: Por que filme de Steven Spielberg foi banido na Índia?

“Deve haver momentos ao longo do caminho em que você aprende coisas. [Solo] certamente pode ter sido um momento de aprendizado. Algumas pessoas falaram sobre como, bem, talvez Solo devesse ter sido um programa de TV [...] É o mesmo pensamento. Talvez eu devesse ter reconhecido isso antes. Nunca faria Indiana Jones sem Harrison Ford. Tendo acabado de terminar o quinto filme, posso dizer, não houve um dia em que eu não estivesse no set em que eu não pensasse, ‘Sim – este é Indiana Jones,” contou Kennedy. 

A presidente da Lucasfilm ainda acrescentou: "Talvez eu esteja mais perto do DNA de Indy, e sempre estive, do que quando entrei em Star Wars, porque agora parece tão claro que não podemos fazer isso [substituir Ford], e você quer revisitar as coisas."

+++ LEIA MAIS: Indiana Jones 5: Harrison Ford se recupera de lesão e volta ao set após meses afastado

Mais sobre Indiana Jones 5 

O quinto filme da franquia Indiana Jones tem direção de James Mangold e conta com os atores Harrison Ford, Antonio Banderas, Phoebe Waller-Bridge, Mads Mikkelsen, Boyd Holbrook e Thomas Kretschmann no elenco. A previsão de lançamento do filme é para 30 de junho de 2023.