Kanye West quer ter controle editorial do documentário Jeen-Yuhs, da Netflix

Enquanto isso, o documentário Jeen-yuhs: A Kanye Trilogy deve estrear em breve no Festival Sundance de Cinema

Kory Grow, Rolling Stone EUA | Tradução: Julia Harumi Morita Publicado em 21/01/2022, às 15h31

None
Kanye West (Foto: Brad Barket/Getty Images for Fast Company)

Kanye West sugeriu que pode atrasar o lançamento do documentário Jeen-yuhs: A Kanye Trilogy, da Netflix, em um post no Instagram na sexta-feira, 20. “Vou dizer isso gentilmente pela última vez”, escreveu o rapper, que agora atende por Ye.

“Preciso ter direito à edição final e à aprovação deste documento antes que seja lançado na Netflix. Abra a sala de edição imediatamente para que possa cuidar da minha própria imagem.” A Variety informou que, embora West esteja listado como produtor do filme, ele não teve a chance de aprovar o corte final do projeto.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Netflix US (@netflix)

 

+++ LEIA MAIS: Jeen-yuhs: Estreia, teaser e tudo que sabemos sobre documentário de Kanye West na Netflix [LISTA]

O filme está programado para estrear no Festival Sundance de Cinema, no domingo, 23. Em seguida, chegaria aos cinemas no dia 10 de fevereiro, uma semana antes da estreia na Netflix. O Deadline informa que cópias de exibição do filme estão circulando na mídia com a ressalva de que é um “trabalho em andamento.”

Nem os representantes de West nem os da Netflix retornaram os pedidos de comentários da Rolling Stone EUA antes desta publicação.

+++LEIA MAIS: Kanye West pede para Kim Kardashian 'voltar correndo' para ele durante show; entenda

Os associados de longa data de West, Coodie e Chike, que dirigiram o vídeo “Through the Wire”, estão no comando da trilogia. Jeen-Yuhs deve registrar a carreira do rapper com imagens nunca vistas antes, filmadas ao longo de um período de 21 anos.

A Rolling Stone EUA informou que a dupla capturou imagens dos bastidores de West após a morte da mãe dele, Donda, em 2007, e após sua fracassada candidatura presidencial de 2020 para o filme.

+++ LEIA MAIS: Taylor Swift, Kanye West e mais: Os músicos mais bem pagos de 2021

“Todo mundo nasce com um gênio," Coodie comentou. “Quando Deus o abençoa com uma visão e você se move com a crença em seu propósito, você estará despertando para o fato de que não importa quais obstáculos você enfrente, você verá essa visão se tornar realidade. Confie em Deus. Ponto final."

A Iconic Events, a produtora por trás de American Utopia (2020) de David Byrne, cuidará do lançamento do filme nos cinemas. A empresa planeja colocá-lo em centenas de cinemas em todo os Estados Unidos.

+++ LEIA MAIS: Kanye West planeja encontro com Putin na Rússia: ‘Segunda casa’