Marvel: Por que Mark Ruffalo achava difícil interpretar Hulk antes de Thor: Ragnarok?

Mark Ruffalo explicou a principal diferença de interpretar Hulk no MCU após Thor: Ragnarok

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 25/10/2021, às 18h42

None
Hulk em Thor: Ragnarok (Foto: Reprodução/Marvel)

Apesar de estar há quase uma década no MCU, Mark Ruffalo revelou dificuldades em interpretar o Hulk até Thor: Ragnarok (2017). Ator estreou no papel de Bruce Banner em Vingadores (2012) e, desde então, atuou em outros filmes do Universo Marvel, alternando entre o inteligente cientista e a criatura verde violenta.

Em trecho do livro The Story of Marvel Studios: The Making of the Marvel Cinematic Universe (2021), Ruffalo relembrou quando foi questionado por Kevin Feige, presidente da Marvel, para onde ele gostaria de levar o personagem após Vingadores: Era de Ultron (2015).

+++ LEIA MAIS: Marvel: Por que Hulk fica mais fraco em Vingadores: Ultimato?

“Eu conhecia Banner muito bem, mas ainda não conhecia o Hulk. Ele era um mistério para mim. Quando entramos em Ultron, há aquela cena em que Wanda Maximoff coloca um feitiço nele, onde ele está furioso. Do que ele tem medo?," perguntou. "É o Banner. A única coisa no universo que Hulk tem medo é Banner."

O livro também ressaltou como a tecnologia permitiu que Ruffalo interpretasse o Hulk em Thor: Ragnarok utilizando as próprias expressões faciais, diferente dos filmes anteriores. “Agora posso me mexer. Antes, era preciso separar o desempenho facial do físico. Agora, está tudo integrado,” disse.

+++ LEIA MAIS: What If…?: Hulk finalmente ganha merecido destaque no MCU; entenda

“Estamos entrando no reconhecimento facial, então posso realmente ver meu rosto como o Hulk de maneiras muito rudimentares. Eles estão capturando tudo – posso ver tudo acontecendo em tempo real,” explicou. “Não só isso, quando estou fazendo ADR [dublagem], eles estão capturando [movimento facial] novamente. Então, tenho outra chance na performance. E, claro, isso é uma colaboração com os irmãos e irmãs no departamento de animação.”

A evolução do personagem continuo em filmes posteriores, como Vingadores: Guerra Infinita (2018) e Vingadores: Ultimato (2019), onde Ruffalo passa a maior parte do tempo como Hulk, mas com a consciência de Bruce.

+++ LEIA MAIS: Hulk 'original' alfineta MCU: 'Nenhum CGI envolvido'

Novo calendário da Marvel

A Disney mudou a data de lançamento de diversos filmes do estúdio, incluindo produções da Marvel. Confira quando os próximos longas do MCU chegarão aos cinemas:

  • Doutor Estranho no Multiverso da Loucura– 6 de maio de 2022
  • Thor: Amor e Trovão – 8 de julho de 2022
  • Pantera Negra: Wakanda Forever – 11 de novembro de 2022
  • Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania – 28 de julho de 2023
  • The Marvels – 17 de fevereiro de 2023