Matrix 4: Por que Analista é mais perigoso que o Arquiteto?

Na franquia Matrix, o Analista, interpretado por Neil Patrick Harris, é um antagonista muito mais cruel que o Arquiteto

Redação Publicado em 22/01/2022, às 13h40

None
Analista (Neil Patrick Harris) e Arquiteto (Helmut Bakaitis) em Matrix (Fotos: Divulgação)

[Atenção! Contém spoilers dos filmes da franquia Matrix abaixo]

Em Matrix Reloaded (2003), o público descobriu o nome por trás do funcionamento da simulação: o Arquiteto (Helmut Bakaitis). Já no quarto longa da saga, Matrix Resurrections (2021), surge um novo antagonista: o Analista (Neil Patrick Harris) — que se mostra muito mais perigoso do que o vilão anterior. 

+++ LEIA MAIS: Matrix: Todos os filmes da franquia, do pior ao melhor [LISTA]

Segundo o Screen Rant, os antagonistas são muito diferentes. O Analista é “muito pior” do que o Arquiteto — e há diversas razões que explicam o motivo do personagem de Harris ser um vilão mais frio e cruel.

Arquiteto foi criado por outras máquinas e odiava a humanidade devido à imprecisão, aspecto nada comum no mundo binário. O vilão descartava as emoções humanas — contudo, o Analista faz o oposto: usa os sentimentos para manipular as pessoas. 

+++ LEIA MAIS: Matrix 4: Como novo agente Smith homenageia Hugo Weaving?

Com isso, enquanto o antigo antagonista não enxergava valor na maneira que os humanos se comportavam, o Analista usa isso a seu favor para tornar a Matrix um desafio muito mais “pessoal” — além de reconstruir todo o sistema da simulação após sua queda.

Tudo sobre Matrix Resurrections (2021)

Quarto filme da franquia, Matrix Resurrections (2021) é dirigido por Lana Wachowski e conta com o retorno dos atores Keanu Reeves (Neo), Carrie-Anne Moss (Trinity) e Jada Pinkett Smith (Niobe).

+++LEIA MAIS: Matrix 4: Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss pularam 20 vezes de prédio de 46 andares

O filme mostra Neo atormentado por memórias estranhas, por isso, é atraído para a Matrix mais uma vez. A produção chegou aos cinemas brasileiros em 22 de dezembro de 2021.