Morre Verónica Forqué, atriz de grandes filmes de Pedro Almodóvar, aos 66 anos

Um dos nomes clássicos do cinema espanhol, Verónica Forqué foi encontrada morta em casa nesta segunda, 13

Redação Publicado em 13/12/2021, às 17h12

None
Verónica Forqué (Foto: Reprodução/Instagram)

Verónica Forqué, atriz espanhola e estrela de grandes filmes do cineasta Pedro Almodóvar, foi encontrada morta em sua casa, em Madrid, nesta segunda, 13 de dezembro. Segundo informações de fontes policiais e noticiadas pela AFP, a estrela de 66 anos teria cometido suicídio.

Conforme explicou o site Marie Claire, autoridades afirmam que o serviço de emergência recebeu uma ligação pela manhã que alertava sobre uma tentativa de suicídio na rua Víctor de la Serna, em Madrid.

+++LEIA MAIS: Pedro Almodóvar: 6 melhores filmes do diretor; A Pele que Habito, Dor e Glória e mais [LISTA]

Um dos nomes clássicos do cinema espanhol, Verónica Forqué é filha do cineasta José María Forqué e da escritora Carmen Vázquez-Vigo, e estrelou mais de 30 filmes ao longo da carreira, além de várias peças de teatro, séries e especiais.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por @veronicaforque

A atriz ficou conhecida internacionalmente por estrelar diversos grandes filmes do cineasta Pedro Almodóvar, como O Que eu Fiz Para Merecer Isso? (2006), Matador (1986) e Kika (1993), em que foi a protagonista. Indicada cinco vezes ao Goya, premio de maior importância do cinema espanhol, Forqué levou quatro estatuetas para casa.

+++LEIA MAIS: 6 diretores LGBTQ+ da cultura pop: Das irmãs Wachowski a Pedro Almodóvar [LISTA]

Homenagens a Verónica Forqué

Após a notícia, a produtora de Almodóvar, El Deseo, compartilhou uma homenagem: "O vazio que isso deixa em nossas vidas e no nosso cinema é irrecuperável. Foi-se uma atriz extraordinária e uma pessoa insubstituível com quem tivemos a honra de trabalhar e compartilhar a vida. Faça uma boa viagem, Verónica."

O ator Antonio Banderas também prestou homenagem à atriz no Twitter: "Adeus, Verónica Forqué. Trabalhei há anos com ela, e minha lembrança é a de uma mulher doce, espiritual e boa companheira. D.E.P".

+++LEIA MAIS: E se os maiores diretores do mundo decorassem seu home office? Wes Anderson, Almodóvar e mais