Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

O dia em que Bruce Willis quase morreu no set de Duro de Matar

Duro de Matar foi o primeiro grande sucesso da carreira de Bruce Willis, mas quase acabou em tragédia

Redação Publicado em 07/07/2023, às 09h50

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Bruce Willis como John McClane em Duro de Matar (Foto: Divulgação)
Bruce Willis como John McClane em Duro de Matar (Foto: Divulgação)

Durante filmagens de Duro de Matar (1988), filme dirigido por John McTiernan que deslancharia carreira de Bruce Willis como astro de ação em Hollywood, a equipe de produção achou que Bruce Willis tinha morrido ao executar cena de ação.

Segundo informações do NME, o livro The Last Action Heroes: The Triumphs, Flops, And Feuds of Hollywood's Kings Of Carnage, escrito por Nick de Semlyen, conta alguns detalhes interessantes dos bastidores do longa.

+++LEIA MAIS: Bruce Willis teve crise e esqueceu que estava no set, relembra um colega de equipe

Em um trecho da obra, é dito como a equipe de Duro de Matar temia que Bruce Willis tivesse sido morto em uma cena malfeita. Lançado nos Estados Unidos (ainda sem previsão para chegar ao Brasil), o livro é descrito como uma "história dos bastidores dos heróis de ação que governaram Hollywood nos anos 1980 e 1990."

A cena em questão foi filmada no início da produção, para o caso de Willis ficar incapacitado ou pior. Ou seja, o estúdio conseguiria fazer uma reformulação caso o pior acontecesse. Para a filmagem, o ator foi obrigado a se jogar de uma borda e em um colchão enquanto aconteciam grandes explosões.

+++LEIA MAIS: Filha de Bruce Willis fala sobre doença do pai: 'Sempre soube que havia algo errado'

"Enquanto esperava, esfregando as mãos e vestindo apenas um par de calças pretas, uma mangueira de incêndio branca foi enrolada em torno de sua barriga nua, uma submetralhadora Heckler & Koch MP5 pendurada em uma alça em seu pescoço e um gel viscoso espalhado sobre sua pele exposta," escreveu o autor.

Vale destacar como esse "gel viscoso" foi aplicado para evitar que Bruce Willis pegasse fogo. "Quando aterrissei, todos vieram correndo até mim e pensei que iam dizer: 'Bom trabalho! Aí garoto!' E o que eles estavam fazendo era ver se eu estava vivo porque quase errei o colchão," relembrou o ator.

+++LEIA MAIS: Família homenageia Bruce Willis no primeiro Dia dos Pais após diagnóstico de demência

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!