Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Oppenheimer: Primeiras críticas destacam direção de Christopher Nolan: 'Surpreendente'

Trabalho dos atores coadjuvantes também foram bastante elogiados nas primeiras críticas de Oppenheimer

Redação Publicado em 12/07/2023, às 09h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Oppenheimer (Foto: Divulgação)
Oppenheimer (Foto: Divulgação)

Há pouco mais de uma semana da estreia de Oppenheimer nos cinemas brasileiros, os primeiros críticos que assistiram ao filme revelaram as primeiras impressões nas redes sociais. Um dos principais pontos elogiados foram direção de Christopher Nolan e atuações de Matt Damon (Leslie Groves), Robert Downey Jr. (Lewis Strauss) e Cillian Murphy (J. Robert Oppenheimer).

A sinopse do filme diz: "O físico J. Robert Oppenheimer trabalha com uma equipe de cientistas durante o Projeto Manhattan, levando ao desenvolvimento da bomba atômica." O elenco também conta com Florence Pugh (Jean Tatlock), Emily Blunt (Kitty Oppenheimer), Jack Quaid (Richard Feynman), Devon Bostick (Seth Neddermeyer), Rami Malek (David Hill), entre outros.

+++LEIA MAIS: Por que Cillian Murphy se isolou dos colegas de elenco durante as gravações de 'Oppenheimer'?

Robbie Collin, do The Telegraph, exaltou a produção: "Estou dividido entre ser todo tímido e misterioso sobre Oppenheimer e apenas sair e dizer que é um nocaute total que dividiu meu cérebro como um núcleo de plutônio inquieto e me deixou chorando nos créditos finais como se eu nem me lembrasse do que mais."

E para todos aqueles que reclamaram da falta de sexo nos trabalhos anteriores de Christopher Nolan… cara, cara, você está verá sexo, porque apenas Nolan poderia encená-lo neste.

Jonathan Dean, do The Sunday Times, também elogiou o filme, mas revelou alguns pontos negativos. "Totalmente absorvido em Oppenheimer, um filme denso, falado e tenso em parte sobre a bomba, principalmente sobre como estamos condenados. [...] Um filme audacioso, inventivo e complexo para abalar seu público," escreveu. "A parte ruim? As mulheres são mal servidas – Emily Blunt sai apenas uma vez de seu estressado papel de mãe. Mas está direto no meu top três de Nolan, ao lado de Amnésia (2000) e O Grande Truque (2006)."

+++LEIA MAIS: Oppenheimer tem 'nudez completa prolongada' de Cillian Murphy e Florence Pugh

"Oppenheimer me deixou atordoado: um estudo de personagem em grande escala, com uma sublime atuação central de Cillian Murphy. Um drama histórico épico, mas com uma sensibilidade distintamente Nolan: a tensão, estrutura, senso de escala, design de som surpreendente, visuais notáveis. Uau," afirmou Matt Maytum, crítico do Total Film.

Steven Weintraub, do Collider, ainda destacou o trabalho de outras pessoas: "Oppenheimer, de Christopher Nolan, é incrível. Vale a pena falar sobre cada aspecto do filme, desde as brilhantes atuações, até o incrível trabalho do [diretor de fotografia] Hoytevan Hoytema por trás das câmeras, até a maneira como Nolan conta a história. As três horas de duração passam voando."

+++LEIA MAIS: Oppenheimer e Peaky Blinders fizeram Cillian Murphy parar de fumar