Pânico: Qual filme da franquia tem mais gritos e mortes?

Pânico foi considerada uma saga inovadora na maneira de representar o terror - e conta com diversos gritos, ataques e mortes

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 13/01/2022, às 19h14

None
Ghostface em Pânico (Foto: Divulgação)

Uma das franquias mais queridas e populares do cinema, Pânico foi considerada uma saga inteligente e inovadora na maneira de representar o terror e transformar alguns clichês. A série de filmes é recheada de gritos, mortes e sustos — mas, qual dos cinco filmes mais têm esses aspectos? 

O quinto filme da saga, Pânico (2022), chega aos cinemas brasileiros nesta quinta, 13 de janeiro. Pensando nisso, o G1 fez um levantamento do número de mortes, gritos, sustos, entre outros, em cada produção da franquia. 

+++LEIA MAIS: Pânico 5: Primeiras reações destacam cenas sangrentas em 'melhor filme da franquia desde original'

Pânico 3, lançado em 2000, é o filme com mais gritos, somando 62 no total. Já Pânico 4 (2011), é o vencedor quando o assunto é número de mortes: 13 ao longo da produção. Além disso, o quarto filme da saga também ganha na quantidade de ataques (10) e discussões cinéfilas (13). 

Segundo pesquisa do G1, o quinto filme de Pânico não se destaca em quase nenhuma categoria, a não ser “porrada nos vilões.” No entanto, isso não é um aspecto negativo, já que, até o momento, o longa conta com a melhor nota da crítica de toda a franquia — e já pode ser assistido nos cinemas.

+++LEIA MAIS: Pânico: Drew Barrymore anuncia reunião de elenco com Courteney Cox, Neve Campbell e mais

Tudo sobre Pânico 5

Pânico 5 será dirigido pela dupla Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett, o primeiro filme da saga sem direção de Wes Craven, devido à morte do cineasta em 2015. Além disso, a produção conta com o retorno dos principais atores, como Neve Campbell, Courteney Cox e David Arquette, e chega aos cinemas em 13 de janeiro de 2022.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Scream (@screammovies)