Papel em Hereditário 'causou danos' em Alex Wolff; entenda

Ator refletiu sobre a experiência traumática de filmar Hereditário

Redação Publicado em 27/07/2021, às 18h28

None
Alex Wolff em Hereditário (Foto: Reprodução)

Alex Wolff, co-protagonista de Hereditário como Peter Graham, refletiu sobre a experiência traumática de filmar o longa-metragem de terror dirigido porAri Aster. Aclamado pela crítica com 89% de aprovação no Rotten Tomatoes, o filme foi lançado em 2018.

Em uma entrevista recente ao Looper, via NME, o ator voltou a falar sobre o assunto e refletiu acerca de Hereditário como sendo "aquele filme me causou tantos danos quanto um filme pode causar", além de citar ter tido traumas e passado noites sem dormir.

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Lamb, novo terror da A24: trailer, sinopse e mais [LISTA]

"Realmente me afetou. É muito difícil porque, como ator, você realmente não quer soar pretensioso ou sério, ou como se algo fosse muito sério. Porque temos um trabalho confortável de várias maneiras, mas este, emocionalmente, foi um daqueles difíceis, foi um daqueles que realmente fez ginástica no meu bem-estar emocional," explicou.

Anteriormente, em entrevista à Vice EUA, Alex Wolff disse precisar lidar com perda de memória devido às filmagens perturbadoras de Hereditário: "É difícil explicar, é apenas um sentimento. Não acho possível você passar por uma experiência como essa e não ter algum tipo de estresse pós-traumático depois."

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre The Green Knight, filme com Dev Patel: estreia, trailer e mais [LISTA]

Segundo o astro contou à Vice, a preparação para as filmagens foi igualmente complexa: "Me mantinha acordado à noite, como uma espécie de masoquismo emocional, trazendo a público tudo o que eu tinha de pior. Me forcei a fazer o máximo do que estamos acostumado a fazer na vida. Eu queria absorver o sofrimento."

Assista ao trailer:

+++LEIA MAIS: 3 filmes de terror da A24 para assistir no Prime Video [LISTA]


+++ RS TRENDING | CONHEÇA OLIVIA RODRIGO: VIDA, RECORDES, SOUR E MAIS!