Pixar: Por que estúdio parou de lançar curtas nos cinemas? Produtora explica

Ao longo dos anos, a Pixar ficou conhecida por exibir curtas antes dos longas-metragens nos cinemas

Redação Publicado em 10/03/2022, às 17h15

None
La Luna (Foto: Reprodução) e Flutuar (Foto: Reprodução /Twitter)

Desde Vida de Inseto (1998), a Pixar manteve o hábito de exibir curtas-mentragens antes dos filmes de longa duração nos cinemas. Contudo, a tradição foi interrompida com Toy Story 4 (2019) e a produtora ​​Lindsey Collins revelou o motivo por trás dessa decisão.

Em entrevista ao Screen Rant, Collins confessou que entende o aborrecimento do público, mas explicou que ao invés de gastar recursos para um único lançamento nos cinemas, o estúdio decidiu investir no programa SparkShorts, o qual abre espaço para novos criadores apresentarem histórias e personagens incomuns - e que muitas vezes representam minorias.

+++ LEIA MAIS: 6 curtas emocionantes da Pixar para assistir no Disney +

"Acho que todo mundo também sente falta apenas da capacidade de ver esses curtas na frente dos filmes nos cinemas. É como um pequeno presente que você recebe como público quando assiste a um curta surpreendente que nunca viu antes. Então, sim, estou com você, estou dividida."

Collins continuou: "Vou defender a decisão. Parte disso foi porque meio que evoluímos para o programa SparkShorts, e o objetivo disso era obviamente distribuir esse orçamento, tempo e recursos em muito mais projetos para ver se poderíamos encontrar futuras vozes para desenvolvimento e recursos. Acho que foi muito bem-sucedido."

+++ LEIA MAIS: Procurando Nemo: Como Steven Spielberg inspirou animação da Pixar?

Censura de personagens LGBTQ+ nos filmes da Pixar

Funcionários da Pixar afirmaram que a Disney exigiu cortes de “quase todos os momentos de afeto abertamente gay… independentemente de quando houver protestos tanto das equipes criativas quanto da liderança executiva da Pixar,” de acordo com carta dos “funcionários LGBTQIA+ da Pixar e seus aliados” publicada pela Variety. Saiba mais.

Oscar 2022: qual você acha a melhor música da premiação?

  • "Be Alive" – Dixson e Beyoncé (King Richard: Criando Campeãs)
  • "Down to Joy" – Van Morrison (Belfast)
  • "Dos Oruguitas" – Lin-Manuel Miranda (Encanto)
  • "No Time To Die" – Billie Eilish e Finneas O'Connor (007: Sem Tempo Para Morrer)
  • "Somehow You Do" – Diane Warren (Four Good Days)

+++LEIA MAIS: Oscar 2022: Confira os indicados da 94ª edição da premiação

+++LEIA MAIS: Oscar 2022 exige vacinação e testes de covid para indicados; entenda

+++LEIA MAIS: Oscar 2022: Todos os indicados a Melhor Filme, do pior ao melhor [LISTA]