Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Cinema / Quentin Tarantino

Por que Bruce Willis não tem crédito no filme de Quentin Tarantino de 1995? Entenda regra

A revelação surgiu após Tarantino querer uma última participação de Willis em seu filme antes de se aposentar oficialmente

Bruna Maleh Publicado em 28/08/2023, às 12h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Bruce Willis e Quentin Tarantino (Fotos: Getty Images)
Bruce Willis e Quentin Tarantino (Fotos: Getty Images)

Bruce Willis protagonizou um filme de Quentin Tarantino, mas devido a uma infração das regras, seu nome não foi incluído nos créditos, conforme ele revelou. O filme em questão é “Four Rooms", lançado em 1995, uma adaptação controversa de Tarantino de uma série de livros de Roald Dahl segundo o portal NME.

Willis, optou por não receber pagamento por sua atuação, já que estava fazendo um favor ao diretor. Por conta disso, conforme as normas do Screen Actors Guild (SAG), não foi permitido conceder-lhe o devido crédito pelo papel, resultando em sua ausência nos créditos do filme.

Mas também, há rumores de que Tarantino deseja que Willis tenha uma última participação na produção de seu novo filme, antes do ator se aposentar oficialmente. No início deste ano, veio a público que o ator havia sido diagnosticado com demência frontotemporal, uma forma rara da doença que afeta comportamento e linguagem, o que dificulta com que ele possa atuar.

Isso ocorreu depois de Willis ter sido anteriormente diagnosticado com afasia, o que levou o ator a se aposentar da profissão.

Segundo o The Daily Express,Tarantino está planejando seu próximo filme, intitulado “The Movie Critic", e tem interesse em incluir Bruce Willis em uma curta aparição. Os astros do cinema já trabalharam juntos em "Pulp Fiction" e "Four Rooms".

Tarantino compartilhou no início do ano que "The Movie Critic" terá como foco um jornalista ligado a revistas pornográficas e se passará em 1977, no sul da Califórnia. O protagonista do filme é inspirado em uma situação que o diretor presenciou quando jovem em que trabalhava como repositor de revistas em uma banca.