Quanto Vale?: 4 curiosidades do filme sobre ataques de 11 de setembro [LISTA]

Estrelado por Michael Keaton, Quanto Vale? estreou no dia 3 de setembro na Netflix

Redação Publicado em 10/09/2021, às 14h24

None
Michael Keaton em Quanto Vale? (Foto: Reprodução /Youtube)

Duas décadas após os ataques de 11 de setembro, a Netflix lançou o longa-metragem Quanto Vale? e relembrou a história de um advogado que tentou criar um fundo de compensação pelas vidas perdidas.

Dirigido por Sara Colangelo, o filme conta com Michael Keaton (Batman) como o protagonista Kenneth Feinberg, Stanley Tucci (O Diabo Veste Prada) e Amy Ryan (The Office) em papéis secundários.

+++ LEIA MAIS: 11 de Setembro: Brasileiro que sobreviveu relembra ataques às Torres Gêmeas: 'Como se fosse ontem'

Baseado em fatos reais, o filme estreou originalmente no Festival Sundance de Cinema, em 2020, e ganhou destaque novamente ao ser disponibilizado no streaming no início do mês de setembro. Confira quatro curiosidades sobre Quanto Vale?:

Por que Michael Keaton se interessou por Quanto Vale?

Keaton "não sabia como fazer" o filme quando leu o roteiro do filme pela primeira vez, mas, após ler novamente, foi convencido a participar do projeto. "[O escritor] fez alguns ajustes e nós os juntamos com os elementos certos. Realmente queria contar a história. É uma história que as pessoas pensam que entendem, mas realmente não entendem," disse o ator para a Fox News.

+++LEIA MAIS: Como mãe de Michael Jackson, Katherine, salvou cantor dos ataques do 11 de setembro?


Personagens de Quanto Vale? foram inspirados em pessoas reais

De acordo com o Screen Rant, grande parte dos personagens de Quanto Vale? foram inspirados em pessoas reais. Como dito anteriormente, Keaton interpretou Feinberg, advogado responsável pelo fundo de compensação das vítimas do 11 de setembro.

Ryan deu vida à Camille Biros, colega de Feinberg com experiência em fundos de compensação de vítimas, e Tucci ganhou o papel de Charles Wolf, que perdeu a esposa e lançou a campanha Fix the Fund em resposta à proposta de Feinberg.

+++LEIA MAIS: Talibã, Estado Islâmico, Al-Qaeda: semelhanças e diferenças


O que Quanto Vale? alterou na história original

"Nós escolhemos nunca usar os nomes das vítimas e dos integrantes das famílias, porque queríamos proteger a privacidade das pessoas [...] senti que podíamos mudar nomes e um pouco das histórias e elas continuariam emocionalmente verdadeiras," disse a diretora em um vídeo publicado pela Netflix no Youtube.


O melhor filme sobre os ataques de 11 de setembro?

Apesar de ter recebido 79% de aprovação no Rotten Tomatoes, Quanto Vale? foi considerado o melhor filme sobre os ataques de 11 de setembro pelo The Guardian. "Vinte anos após a queda das torres, com bastante tempo para refletir e reexaminar, Quanto Vale? traz considerações e graça a um subgênero que tem dificuldade em encontrar um ou outro. O nível pode estar baixo, mas Quanto Vale? o elevou muito."

+++LEIA MAIS: De Volta Para o Futuro previu 11 de setembro? Teoria (maluca) indica que sim