Quarteto Fantástico: o desastre de filme nunca lançado

Filme nunca lançado da equipe era estrelado por Alex Hyde-White, Rebecca Staab, Jay Underwood, Michael Bailey Smith e Joseph Culp

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 23/09/2021, às 13h51

None
Quarteto Fantástico (Foto: Divulgação)

Anos antes dos filmes baseados nas histórias em quadrinhos da Marvel fazerem enorme sucesso pelo mundo, arrecadando milhões (em alguns casos, bilhões) nas bilheterias, Quarteto Fantástico teve um desastre de filme nunca lançado em meados dos anos 1990, segundo informações do Slash Film.

Nos anos 1980 e 1980, Stan Lee tentou diversas vezes emplacar adaptações da Marvel nos cinemas, como Homem-Aranha, Doutor Estranho e Capitão América, mas não conseguia tirar os projetos do papel e fracassou em muitas ocasiões. No entanto, alguns produtores ainda acreditavam como a editora poderia ser uma franquia viável. Um desses produtores foi o cineasta alemão Bernd Eichinger, da Constantin Films.

+++LEIA MAIS: Estúdio barrou atriz negra em Quarteto Fantástico, revela diretor

Em 1983, Eichinger se encontrou com Stan Lee para comprar direitos cinematográficos para Quarteto Fantástico e Surfista Prateado. Mesmo quando grandes estúdios, como Warner Bros. e Columbia, expressaram interesse, ninguém seguiu com o projeto devido ao alto custo de produção.

Em 1992, os direitos cinematográficos estavam prestes a esgotar e Eichinger precisou colocar um filme em produção ou arriscar perder os direitos. Para desengavetar o filme, o executivo se encontrou com Roger Corman, quem fez fama ao realizar filmes rápidos e baratos, mas com um olho para talentos emergentes.

+++LEIA MAIS: Marvel dá início a produção de Quarteto Fantástico

Bernd Eichinger abordou Corman com um acordo: fazer um filme do Quarteto Fantástico por US$ 1 milhão de dólares, valor muito alto para a época. Roger Corman aceitou o acordo e decidiu fazer o filme muito rapidamente. O elenco contava com Alex Hyde-White (Senhor Fantástico), Rebecca Staab (Mulher Invisível), Jay Underwood (Tocha Humana), Michael Bailey Smith (Coisa) e Joseph Culp (Doutor Destino).

Porém, a produção teve diversos problemas de bastidores, como falta de fidelidade aos quadrinhos, e Stan Lee, quem frequentemente visitava o set, distanciava-se publicamente do filme do Quarteto Fantástico, principalmente em uma convenção de quadrinhos em agosto de 1993.

+++LEIA MAIS: Mads Mikkelsen detalha teste para papel em 'Quarteto Fantástico': 'Humilhante'

"Não está apenas em andamento, está quase acabado. Será lançado em algum momento no final deste ano. Não espero muito disso. É o último filme feito sem controle por nós da Marvel. Nossos advogados apenas deram os direitos para Roger Corman fazer o filme. Não haverá outros projetos como esse. Depois disso, faremos nós mesmos," afirmou Lee sobre a produção.

Apesar da muito elogiada estreia mundial para caridade anunciada para o Mall of America em janeiro de 1994, o lançamento de Quarteto Fantástico foi cancelado. O chefe da Marvel Entertainment, Avi Arad, quem fundou a Marvel Studios, acabara de vender os direitos de X-Men para a 20th Century Fox.

+++LEIA MAIS: What If…?: Por que Quarteto Fantástico e X-Men não aparecem na série?

Com intuito de acabar com a interferência do filme de Corman no objetivo de longo prazo para Quarteto Fantástico, Arad ligou para Eichinger e escreveu um cheque para matar o filme de baixo orçamento. Chris Columbus, diretor de Esqueceram de Mim (1990), tinha interesse em comandar a franquia.

Além do dinheiro que Eichinger recebeu em espécie, Roger Corman recebeu um cheque de US$ 1 milhão para entregar todo material, como o negativo, o qual teria sido destruído. É o único filme de Corman nunca lançado.

+++LEIA MAIS: Quarteto Fantástico: Filme de 2005 possui easter egg de X-Men - e você provavelmente não percebeu