Quentin Tarantino: Bastardos e Inglórios quase foi uma minissérie; entenda

Enquanto escrevia Bastardos e Inglórios, Quentin Tarantino cogitou lançar a história como uma minissérie

Redação Publicado em 08/11/2021, às 17h06

None
Bastardos Inglórios (Foto: Divulgação)

Bastardos e Inglórios (2009) quase foi uma minissérie ao invés de um filme. Em entrevista ao programa Director's Chair, Quentin Tarantino conversou com o cineasta Robert Rodriguez e falou sobre o formato alternativo do drama de guerra. (Via Screen Rant)

O diretor contou que passou a cogitar novos formatos após a performance negativa de À Prova de Morte(2007) nos cinemas. Tarantino começou a escrever Bastardos e Inglórios depois de Jackie Brown (1997), mas teve dificuldades para terminar a história.

+++ LEIA MAIS: Kill Bill 3: Maya Hawke participaria do filme de Quentin Tarantino?

"Depois de Jackie Brown, coloquei Kill Bill de lado e comecei a escrever Bastardos Inglórios. Isso se tornou um processo sem fim, porque as pessoas pensaram que eu estava passando por um bloqueio de escritor. Estava passando pelo oposto. Não conseguia parar de escrever. Tinha um script de 100 páginas e não via o fim."

Tarantino continuou: "Então, estava tentando domá-lo, mas não consegui. [...] A minha ideia na época, por ser tão grande e tão pesada, era fazer uma minissérie, e era isso mesmo que eu planejava fazer."

+++ LEIA MAIS: Kill Bill 3 será próximo (e último) filme de Quentin Tarantino? Diretor comenta

O diretor só mudou de ideia após conversar com Luc Besson (O Quinto Elemento). O artista francês não aprovou o formato e disse que Tarantino era uma das poucas pessoas cujas obras fazia questão de não assistir na TV de casa.

Bastardos e Inglórios

Estrelado por Brad Pitt, Christoph Waltz e Mélanie Laurent, Bastardos e Inglórios arrecadou mais de US$ 321 milhões nas bilheterias ao redor do mundo, além de ter recebido oito estatuetas do Oscar.

+++ LEIA MAIS: Era uma Vez em... Hollywood: Por que livro e filme têm finais diferentes? Quentin Tarantino responde