Quentin Tarantino rebate acusações de ter fetiche em pés: 'Não levo isso a sério'

Cineasta Quentin Tarantino frequentemente destaca pés femininos nos filmes - mas negou que isso tenha a ver com algum fetiche

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 30/09/2021, às 17h56

None
Quentin Tarantino (Foto: Kevork Djansezian/Correspondente) e Margot Robbie em Era uma Vez em... Hollywood (Foto: Divulgação)

Não é novidade como Quentin Tarantino costuma mostrar frequentemente diversos pés, principalmente femininos, em seus filmes. Contudo, o cineasta negou que a atitude tenha a ver com um fetiche. 

O fascínio de Tarantino por pés começou em Pulp Fiction (1994), produção na qual o cineasta filmou os pés de Uma Thurman durante dança. Recentemente, a parte do corpo teve mais destaque em Era uma Vez em... Hollywood (2019), com a personagem de Margot Robbie

+++ LEIA MAIS: Quais são os livros favoritos de Quentin Tarantino?

Em entrevista à GQ, o diretor explicou como os pés mostrados nas produções não possuem ligação com algum fetiche - mas sim a uma boa direção. “Não levo isso a sério. Há muitos pés em vários filmes de bons diretores,” contou. 

Tarantino ainda acrescentou: “É apenas boa direção. Por exemplo, antes de mim, a pessoa que definia o fetichismo por pés era Luis Buñuel, outro diretor de cinema... [Alfred] Hitchcock foi acusado disso, e Sofia Coppola também foi," finalizou. 

+++ LEIA MAIS: Cena de tortura de Cães de Aluguel gerou discussão entre Quentin Tarantino e Harvey Weinstein; entenda

Quentin Tarantino: uma carreira de sucesso 

Quentin Tarantino nasceu no Tennesee, Estados Unidos, e se consagrou como um dos diretores mais icônicos do cinema com sucessos como Cães de Aluguel (1992), Pulp Fiction: Tempo de Violência (1994), Bastardos Inglórios (2009), Era uma Vez em... Hollywood (2019) e mais na filmografia. 

Dono de diversas peculiaridades na hora de filmar, o cineasta abusa da violência gráfica, closes no rosto, sangue e muitos diálogos - aspectos essenciais nos filmes de Tarantino e que se tornaram marca registrada do diretor. 

+++ LEIA MAIS: 4 razões para Kill Bill 3 ser o próximo e último filme de Quentin Tarantino

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Once Upon A Time In Hollywood (@onceinhollywood)